Dublês lutam por categoria no Oscar

Lendário dublê Jack Gill quer que a Academia reconheça a profissão com um prêmio

iG São Paulo |

Divulgação
Paul Walker e Vin Diesel em sequência de ação de "Velozes e Furiosos 5"
Há 21 anos o dublê veterano Jack Gill, responsável por sequências de ação em filmes como "Con Air - A Rota da Fuga" (1997) e "Velozes e Furiosos 5: Operação Rio" (2011), luta para que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas reconheça sua profissão com uma categoria no Oscar .

Siga o iG Cultura no Twitter

Conversando neste sábado (14) com o público do ActionFest, festival de cinema dedicado a filmes de ação que acontece em Asheville, nos Estados Unidos, Gill falou sobre sua esperança em ver um dublê ganhar uma estatueta em 2013.

"Esse ano eles [a Academia] estão com uma nova diretora executiva. E ela parece muito mais receptiva que os anteriores", disse o dublê sobre Dawn Hudson, com quem ele deve se encontrar em três semanas. "Não sei como faremos, mas não vamos desistir."

De acordo com Gill, petições com assinaturas de nomes de peso da indústria cinematográfica, como Steven Spielberg e Martin Scorsese, foram entregues à Academia no passado, mas sem resultados positivos.

A ideia do dublê não é que o prêmio seja entregue durante a cerimônia, mas junto com as estatuetas oferecidas aos profissionais de áreas técnicas e científicas, evento que acontece tradicionalmente semanas antes do Oscar - em 2012 a apresentadora do Scientific and Technical Awards foi a atriz Milla Jovovich.

"É um trabalho técnico, pois como dublês precisamos desenvolver as sequências de ação dos personagens, e também científico, por que temos que criar formas para que ninguém morra no set", disse Gill. "Queremos apenas reconhecimento por nosso trabalho, como qualquer outro."

    Leia tudo sobre: dublêscinemaoscar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG