História do esporte no país é contada no filme "Vida Sobre Rodas", do diretor Daniel Baccaro

Cena do documentário
Divulgação
Cena do documentário "Vida Sobre Rodas"
Quando se fala em skate profissional no Brasil, nomes como Bob Burnquist e Sandro Dias, o Mineirinho, são os primeiros a serem lembrados. A partir da trajetória destes - e de outros dois ícones do esporte no Brasil, Cristiano Mateus e Lincoln Ueda - o diretor Daniel Baccaro faz uma homenagem e narra a trajetória do skate no Brasil nos últimos 20 anos no documentário "Vida Sobre Rodas", que estreia hoje nos cinemas.

Ex-skatista, Baccaro baseou seu longa em depoimentos dos quatro skatistas profissionais, fotografias e imagens de acervo pessoal, e entrevistas com gente do meio, inclusive renomados skatistas americanos, como Christian Hosoi, astro das manobras feitas a alturas vertiginosas nos anos 80 e 90.

"Foram seis anos para reunir o material todo e finalizar o filme. Quase achamos que não ia sair", brinca Sandro Dias, que aparece contando o início de sua paixão pelo skate aos 13 anos, na pista Ultra, em São Bernardo.

Para deleite dos fanáticos pelo esporte, o longa é um festival de belas manobras, e exibe fotografias que mostram em detalhes as expressões e movimentos dos skatistas. Quem nunca subiu num skate também vai encontrar razões para gostar do filme, que mostra a formação de uma tribo apaixonada pelo esporte e pela cultura, a rivalidade entre os diferentes tipos de skatista - ricos, pobres, especializados em street, e em pista - e a formação do atual cenário do esporte no Brasil.

Um dos momentos mais interessantes e divertidos do longa conta como a tribo reagiu à proibição do skate nas ruas de São Paulo em 1988, quando o então prefeito da cidade, Jânio Quadros, promoveu uma perseguição aos praticantes do esporte. A interferência de um outro político, Fernando Collor de Mello, também é mostrada do ponto de vista dos skatistas, que viram suas marcas patrocinadoras irem à falência e os campeonatos acabarem, em 1990, época em que Collor exercia seu mandato de presidente da República.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.