Diretor James Mangold é confirmado em "Wolverine 2"

Sequência do filme solo do personagem teve até José Padilha como candidato

iG São Paulo |

Getty Images
O diretor James Mangold e Hugh Jackman em 2001, na estreia de "Kate & Leopold" em Los Angeles
Após uma longa busca, a Fox anunciou a escolha de James Mangold como diretor de "Wolverine 2". Mangold entra no lugar de Darren Aronofsky, amigo pessoal do astro Hugh Jackman, que deixou o projeto no início do ano após o sucesso de "Cisne Negro", embora a justificativa oficial fosse a família e o grande tempo que teria de dedicar ao filme.

Desde então, o estúdio estava à cata de um substituto – o brasileiro José Padilha, inclusive, atualmente cuidando do remake de "Robocop", era um dos possíveis candidatos. Além da demora em encontrar um diretor, o filme sofreu um revés graças ao tsunami no Japão, já que a história segue as origens ninja do herói. Baseado nos quadrinhos, o roteiro de "Wolverine 2" foi escrito por Christopher McQuarrie, vencedor do Oscar por "Os Suspeitos" (95).

Mais conhecido por dramas como "Garota, Interrompida" (99) e "Johnny & June" (2005), James Mangold também tem no currículo filmes de ação, como "Cop Land" (97), o faroeste "Os Indomáveis" (2007) e "Encontro Explosivo", lançado no ano passado, juntando Tom Cruise e Cameron Diaz. Mangold já trabalhou com Jackman antes, no romance "Kate & Leopold" (2001).

Primeiro filme solo do personagem, "X-Men Origens: Wolverine" mostra como o mutante se transformou no brutamontes com esqueleto revestido de adamantium e garras indestrutíveis. Apesar do fracasso de crítica, o filme se mostrou um sucesso comercial – custou US$ 150 milhões e faturou US$ 374 milhões nas bilheterias ao redor do mundo. "Wolverine 2" ainda não tem título oficial ou data prevista para lançamento.

    Leia tudo sobre: wolverinehugh jackmanjames mangolddarren aronofsky

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG