Diretor de cinema Raúl Ruiz morre aos 70 anos em Paris

Chileno sofria com infecção pulmonar; ele foi o responsável por filmes como 'A Ilha do Tesouro', de 1985

EFE |

AFP
O cineasta Raúl Ruiz
O cineasta chileno Raúl Ruiz morreu na manhã desta sexta-feira (dia 19 de agosto) em Paris, aos 70 anos, em consequência de uma infecção pulmonar. A informação é do produtor François Margolin.

Ruiz, cineasta e teórico do cinema radicado na França, país em que buscou exilou após o golpe militar de 1973, conquistou reconhecimento internacional no início dos anos 1980 com filmes como "As Três Coroas do Marinheiro" (1983) e "A Ilha do Tesouro" (1985).

O filme "Mistérios de Lisboa" valeu a ele prêmio Concha de Prata de melhor diretor em 2010 do Festival de Cinema de San Sebastián (na Espanha). Ele estava trabalhando na montagem do longa-metragem "La Noche de Enfrente", rodado no Chile em abril.

Siga o iG Cultura no Twitter

O sepultamento do diretor, que nasceu em 25 de julho de 1941 e deixa uma carreira que supera as 150 obras, será no Chile. Na próxima terça-feira, será realizada em Paris uma cerimônia em sua homenagem.

Ruiz desenvolveu na França e em Portugal grande parte de sua carreira, e segundo Margolin, "nem ele mesmo sabia quantos filmes havia feito".

    Leia tudo sobre: cinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG