Daryl Hannah confirma filmagem de "Kill Bill 3"

Sequência da saga de Quentin Tarantino deve chegar aos cinemas em 2014; atriz dá detalhes do roteiro

EFE |

Divulgação
Daryl Hannah em "Kill Bill - Volume 1"
A atriz norte-americana Daryl Hannah confirmou nesta quinta-feira a filmagem da terceira sequência da saga "Kill Bill", do diretor Quentin Tarantino, e contou que o roteiro contará com duelos entre a filha da protagonista, a Noiva, e da filha de sua inimiga, Cabeça de Cobre.

Hannah foi a estrela internacional convidada para inauguração desta quinta-feira da Mostra de Valência que, nesta edição, a segunda dedicada ao cinema de ação e aventura, homenageou a atriz. Uma de suas atuações mais conhecidas é a de Ellen Driver de "Kill Bill", no qual interpreta uma assassina que deve voltar às telas de cinema em 2014, na estreia da terceira sequência da saga.

Em entrevista coletiva, Hannah não revelou detalhes sobre o próximo filme, porque o próprio Tarantino não sabe ainda se o projeto incorporará recursos de animação ou outra tecnologia. A atriz explicou que Tarantino adiou a continuação de "Kill Bill", cujos dois volumes estrearam em 2003 e 2004, porque esperou que "a filha da Noiva", interpretada por Uma Thurman, e a filha de Cabeça de Cobre - pertencente ao Esquadrão Assassino de Víboras Mortais que tenta matar a Noiva - "fossem suficientemente mais velhas para serem inimigas".

Segundo Hannah, a filha da inimiga, Nikki Green (Ambrosia Kelley), vai querer enfrentar a filha da Noiva porque presenciou a morte de sua mãe pelas mãos da personagem de Uma Thurman no primeiro filme "Kill Bill", quando tinha apenas 10 anos. A atriz homenageada na Mostra confessou que fazer cinema foi para ela "um sonho que se tornou realidade" e que o melhor que a profissão lhe deu foi a possibilidade de "se perder em um mundo imaginário, viajar para muitos lugares e viver diferentes vidas".

"Filmar com Quentin (Tarantino) é a melhor experiência que um ator pode ter porque é como ir a uma escola de cinema. Ele sabe tudo de qualquer filme que se tenha feito". Além disso, acrescenta, "sua felicidade é contagiante". A atriz, que se formou como produtora, prepara um documentário e vai dirigir "uma pequena série de comédia", apesar de reconhecer que a direção de cinema é "difícil e tira muito tempo".

    Leia tudo sobre: Quentin Tarantinocinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG