Compare o Tintim dos quadrinhos e a animação de Spielberg

Livros de Hergé serviram como base para o longa-metragem "O Segredo do Licorne"; confira

iG São Paulo |

Nas salas brasileiras a partir desta sexta-feira (20), "As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne" é a estreia em animação de Steven Spielberg. O herói criado por Hergé chega aos cinemas pela primeira vez com personagens tridimensionais: as adaptações anteriores seguiam fielmente os traços do cartunista.

Mesmo assim, a semelhança entre os livros e o filme chama a atenção. Escrita a partir de três livros de Hergé – "O Segredo do Licorne", "O Tesouro de Rackham, o Terrível" (relançados em edição conjunta pela Companhia das Letras) e "O Caranguejo das Tenazes de Ouro" –, a produção se preocupou em preservar, na maior parte das vezes, roupas, situações, trejeitos e enquadramentos.

Spielberg, inclusive, ressaltou que os quadrinhos de Hergé serviam praticamente como story-boards para a equipe. Na galeria acima, compare os originais e as imagens de divulgação do filme.

Leia também: Desconhecido nos EUA, Tintim recupera espírito "Indiana Jones" no cinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG