Clint Eastwood e Matt Damon retomam parceria

"Hereafter" mostra uma visão intimista e espiritual da comunicação com os mortos

EFE |

Getty Images
Clint Eastwood e Matt Damon: troca de elogios na divulgação de sua nova parceria, "Hereafter"
A mais recente parceria entre o diretor Clint Eastwood e o ator Matt Damon, "Hereafter" (ainda sem título em português), estreia hoje em Nova York. Aos 80 anos, Eastwood parece decidido a seguir surpreendendo o mundo com seus temas impactantes e neste filme, protagonizado por Matt Damon, com quem já trabalhou no premiadíssimo "Invictus", o diretor mostra uma visão intimista e espiritual da comunicação com os mortos.

"Não sei muito do além, exceto que é algo que está presente em todas as religiões", explicou Eastwood durante uma entrevista coletiva na qual revelou sentir "curiosidade" sobre o assunto e afirmou ter ficado "encantado" com o roteiro escrito por Peter Morgan (o mesmo de "A Rainha"). O filme começa com imagens de um tsunami nas praias da Indonésia e traz a confluência de três histórias paralelas que têm como cenário São Francisco, Paris e Londres, com Damon como protagonista na pele de um médium.

"O roteiro foi lindamente escrito e os outros atores estão muito bem", disse Damon à Agência Efe durante uma entrevista, na qual destacou que mais de uma vez, como qualquer adulto, se questionou sobre o que acontece após a morte. "Mas isso não importa muito nos termos deste filme. Não há uma tentativa de resolver essa parte e fiquei feliz de que não tente responder muito essa questão", acrescentou o ator.

"No roteiro havia tudo o que eu precisava saber. Li alguns livros sobre as experiências relacionadas à morte, mas nada mais", explicou o ganhador do Oscar pelo roteiro e atuação em "Gênio Indomável". Damon (George Lonegan) dá vida a um americano que tem a capacidade de se conectar com os mortos e vê o dom, segundo suas palavras no filme, "como uma maldição e não como uma dádiva".

Divulgação
Os atores Bryce Dallas Howard e Matt Damon em cena de "Hereafter": filme traz visão intimista do além
A outra protagonista é a atriz belga Cécile de France ("Albergue Espanhol"), que interpreta uma jornalista francesa que, após viajar para a Indonésia e ser arrastada por um tsunami, tenta explicar sua experiência. "Clint me pediu para fazer este filme e eu teria feito qualquer roteiro com ele... Foi muito fácil tomar essa decisão", disse Damon, que ressaltou à Efe que achou seu personagem "alguém muito solitário, que tenta se conectar com as pessoas".

"Acho que todos nós podemos sentir essa necessidade de ter uma companhia", avaliou. Eastwood dedicou a Damon palavras igualmente positivas. "Matt interpretou um herói que não gosta de ser assim porque essa capacidade só trouxe miséria à sua vida. Matt era o ator perfeito para este papel".

Para Cécile trabalhar para o diretor de "A Menina de Ouro" foi algo "extraordinário". "Ele divulga o amor. Nas suas filmagens há alegria, há confiança, é uma maravilha trabalhar com ele", disse à Efe a atriz, que definiu sua personagem como o alguém que "sofre uma experiência traumática positiva".

Após a estreia hoje em Nova York, "Hereafter" chegará ao resto dos Estados Unidos no dia 22 de outubro. O lançamento mundial acontece a partir de janeiro de 2011.

    Leia tudo sobre: Clint EastwoodMatt DamonHereafter

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG