Filme dirigido por Darren Aronofsky, com Natalie Portman, bate recorde do prêmio

Natalie Portman em cena de
Divulgação
Natalie Portman em cena de "Cisne Negro"
"Cisne Negro", um drama ambientando no mundo da dança, destacou-se entre os indicados para o prêmio Critics' Choice, que ultimamente tem superado o Globo de Ouro como principal indicador para o Oscar.

O filme, que teve lotações esgotadas em seu limitado pré-lançamento na América do Norte, obteve 12 indicações, um recorde nos 16 anos de história do prêmio, anunciaram os organizadores nesta segunda-feira.

"Cisne Negro" é dirigido por Darren Aronofsky e tem no elenco as atrizes Natalie Portman e Mila Kunis, além de Vincent Cassel.

Logo atrás, com 11 indicações cada, vieram o "O Discurso do Rei", sobre a monarquia britânica, e um remake do faroeste "Bravura Indômita", ainda a ser lançado. "A Origem" e "A Rede Social" tiveram dez indicações cada.

Todos esses cinco filmes disputarão os prêmios de melhor filme e melhor diretor, junto com "127 Horas". A lista dos dez indicados a melhor filme contém ainda "O Vencedor". "Atração Perigosa". "Toy Story 3" e "Inverno da Alma".

Pequenos filmes de arte dominaram as indicações, deixando "Toy Story 3" e "A Origem" como representantes dos "blockbusters". Chamaram a atenção as ausências de "Somewhere", de Sofia Coppola, e "Ilha do Medo", de Martin Scorsese. Os vencedores serão anunciados na terça-feira, numa cerimônia em Hollywood.

O prêmio, organizado por 250 críticos dos EUA e Canadá, "acertou" o Oscar de melhor filme em oito das suas últimas dez edições.

O Globo de Ouro, que reúne um eleitorado menor, de correspondentes estrangeiros em Hollywood, acertou cinco de dez. No caso dos prêmios de melhor diretor, o Critics' Choice fica igual ao Oscar em 70% das vezes; o Globo de Ouro, em 40%.

Mas o grande número de indicações nem sempre é prenúncio de sucesso no Oscar. Foi assim neste ano, quando "Bastardos Inglórios" e "Nove" tiveram mais indicações no Critic's Choice, mas foi "Guerra ao Terror" que dominou a cerimônia principal.

Também em 2009, "Quem Quer Ser Um Milionário?" desbancou "Milk" e "O Curioso Caso de Benjamin Button", que haviam dominado o prêmio dos críticos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.