"Cisne Negro" lidera indicações ao Critics' Choice

Filme dirigido por Darren Aronofsky, com Natalie Portman, bate recorde do prêmio

Reuters |

Divulgação
Natalie Portman em cena de "Cisne Negro"
"Cisne Negro", um drama ambientando no mundo da dança, destacou-se entre os indicados para o prêmio Critics' Choice, que ultimamente tem superado o Globo de Ouro como principal indicador para o Oscar.

O filme, que teve lotações esgotadas em seu limitado pré-lançamento na América do Norte, obteve 12 indicações, um recorde nos 16 anos de história do prêmio, anunciaram os organizadores nesta segunda-feira.

"Cisne Negro" é dirigido por Darren Aronofsky e tem no elenco as atrizes Natalie Portman e Mila Kunis, além de Vincent Cassel.

Logo atrás, com 11 indicações cada, vieram o "O Discurso do Rei", sobre a monarquia britânica, e um remake do faroeste "Bravura Indômita", ainda a ser lançado. "A Origem" e "A Rede Social" tiveram dez indicações cada.

Todos esses cinco filmes disputarão os prêmios de melhor filme e melhor diretor, junto com "127 Horas". A lista dos dez indicados a melhor filme contém ainda "O Vencedor". "Atração Perigosa". "Toy Story 3" e "Inverno da Alma".

Pequenos filmes de arte dominaram as indicações, deixando "Toy Story 3" e "A Origem" como representantes dos "blockbusters". Chamaram a atenção as ausências de "Somewhere", de Sofia Coppola, e "Ilha do Medo", de Martin Scorsese. Os vencedores serão anunciados na terça-feira, numa cerimônia em Hollywood.

O prêmio, organizado por 250 críticos dos EUA e Canadá, "acertou" o Oscar de melhor filme em oito das suas últimas dez edições.

O Globo de Ouro, que reúne um eleitorado menor, de correspondentes estrangeiros em Hollywood, acertou cinco de dez. No caso dos prêmios de melhor diretor, o Critics' Choice fica igual ao Oscar em 70% das vezes; o Globo de Ouro, em 40%.

Mas o grande número de indicações nem sempre é prenúncio de sucesso no Oscar. Foi assim neste ano, quando "Bastardos Inglórios" e "Nove" tiveram mais indicações no Critic's Choice, mas foi "Guerra ao Terror" que dominou a cerimônia principal.

Também em 2009, "Quem Quer Ser Um Milionário?" desbancou "Milk" e "O Curioso Caso de Benjamin Button", que haviam dominado o prêmio dos críticos.

    Leia tudo sobre: Natalie PortmanDarren Aronofskyoscar 2011

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG