Cinemas brasileiros venderam 137 milhões de ingressos em 2010

Na comparação com 2009, o crescimento foi de 22%; filmes nacionais tiveram 19% da renda total

iG São Paulo |

Divulgação
"Tropa de Elite 2", o filme mais visto em 2010
Foram divulgados nesta terça-feira os números totais de arrecadação nos cinemas brasileiros em 2010. Segundo levantamento do Sindicato das Empresas Distribuidoras Cinematográficas do Rio de Janeiro, o público total no ano passado foi de 137 milhões. Na comparação com 2009, o crescimento foi de 22%. A arrecadação foi de R$ R$ 1,278 bilhão, um aumento de 32% em relação ao ano anterior.

Um fator importante para o aumento da arrecadação foi o maior número de salas 3D, que têm ingressos mais caros. O Brasil passou de 96 salas em 2009 para 277 em 2010. O público de filmes 3D representou 20% da bilheteria e 13% do público total. O resultado é ainda mais expressivo se considerarmos que foram exibidos apenas 21 títulos em 3D, contra mais de 300 filmes no formato convencional.

“Tivemos um ano muito positivo, porém mantivemos o ritmo de crescimento de 2009. Já o número de salas cresceu apenas 6%, ou seja, não acompanhou o crescimento do mercado", diz o presidente do Sindicato, Jorge Peregrino. O cinema nacional, motivado por sucessos como “Tropa de Elite 2”, "Nosso Lar" e "Chico Xavier", correspondeu a 19% do público total, com um crescimento de 4,7%.

O longa-metragem mais assistido do ano foi “Tropa de Elite 2” com mais de 11 milhões de espectadores, seguido por “Shrek Para Sempre”, “Avatar” (apesar de lançado em 2009, teve boa parte de seu público em 2010), “Eclipse”, “Alvin e os Esquilos 2”, “Harry Potter 7 - parte 1”, “Toy Story 3”, “Alice No País das Maravilhas”, “Nosso Lar” e “Chico Xavier”.

    Leia tudo sobre: CinemaTropa de Elite 2

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG