Cinco cenas em homenagem ao aniversário de Hitchcock

Se estivesse vivo, mestre do suspense completaria 111 anos nesta sexta-feira 13

iG São Paulo |

Divulgação
O cineasta britânico Alfred Hitchcock (1899-1980)
[]Há exatos 111 anos, nascia em Londres o mestre do suspense, Alfred Hitchcock. Que seu aniversário caia, de tempos em tempos, numa sexta-feira 13 é algo que teria agradado ao cineasta, apreciador de um bom humor negro. E sem dúvida é uma boa piada do destino, afinal o diretor dedicou a vida a aterrorizar as pessoas.

Três décadas após sua morte, Hitchcock continua um dos diretores mais populares de todos os tempos. É lembrado por pelo menos uma dúzia de obras-primas (com Psicose , Janela Indiscreta e Um Corpo que Cai entre as principais), pelas bem-humoradas pontas que fez em quase todos os seus trabalhos, pelo gênero cinematográfico que criou - o suspense.

O mestre do suspense, sem dúvida. Mas mestre também em outras modalidades: o terror psicológico e a aventura, e também o humor e o romance. Apesar de ter entrado para a história do cinema por assustar o público, Hitchcock fez bem mais que isso. Em seus mais de cinquenta filmes, provou que versatilidade também era seu forte.

Basta ver os trechos de cinco filmes reunidos no vídeo abaixo. Em Rebecca , ele cria uma atmosfera de terror sem apelar para truques fáceis. Em Interlúdio , produz uma dos beijos mais românticos do cinema. Em Pacto Sinistro , mostra todo seu domínio técnico ao filmar um assassinato refletido pelas lentes de um óculos.

Em O Homem que Sabia Demais , o suspense aparece em uma de suas sequências mais famosas, a tentativa de assassinato durante um concerto no Royal Albert Hall. Para fechar, a aventura pura (e o humor) de Intriga Internacional , na cena em que Cary Grant tem que fugir de um avião que quer matá-lo.

    Leia tudo sobre: Alfred Hitchcock

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG