Catherine Zeta-Jones é internada por transtorno bipolar

Atriz de 41 anos ficou cinco dias em tratamento em um centro psiquiátrico

EFE |

A atriz Catherine Zeta-Jones, que testemunhou durante meses a luta de seu marido, Michael Douglas, contra o câncer, foi internada recentemente em um centro psiquiátrico para tratamento de transtorno bipolar . A informação foi divulgada por seu representante nesta quarta-feira, em comunicado.

"Após lidar com muito estresse no ano passado, Catherine decidiu se internar em uma clínica para tratar o transtorno bipolar do tipo 2", disse o representante, em mensagem divulgada pela edição digital da revista "People".

O transtorno bipolar do tipo 2 causa níveis elevados de excitamento e impulsividade que podem se alternar com episódios de depressão grave. "Ela está se sentindo ótima e não vê a hora de voltar a trabalhar em seus dois próximos filmes", diz a nota.

Catherine, de 41 anos, ficou cinco dias internada no centro psiquiátrico, segundo disse um amigo próximo da atriz à publicação. "Catherine teve que aguentar a doença de Michael e foi difícil. Ela se internou porque vai começar a trabalhar e queria se certificar de que estava em plena forma, e está", disse o amigo.

Ao longo desta quarta-feira, alguns sites haviam divulgado que a atriz tinha sido internada em uma instituição mental de Connecticut, o hospital Silver Hill, no último dia 6. Douglas, de 66 anos, anunciou em janeiro que havia ganhado a batalha contra o câncer após seis meses de sessões de quimioterapia e radioterapia para enfrentar um tumor na garganta.

null

    Leia tudo sobre: Catherine Zeta-JonesMichael Douglascinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG