Ator mirim é destaque no Cine PE

Na ausência de Fiuk, o jovem Francisco Miguez rouba a atenção da garotada, em noite "teen" no Festival de cinema de Olinda

Valmir Moratelli, enviado especial a Olinda (PE) |

Divulgação
Laís Bodanzky acompanhada pelo ator mirim Francisco Miguez
O público lotou os três mil lugares do Teatro Guararapes, em Olinda, para assistir ao filme As melhores coisas do mundo , apresentado na mostra competitiva do Cine Fest PE, na noite desta quinta-feira (29). O filme, que já estreou no Rio e em São Paulo há duas semanas, chega aos cinemas do Pernambuco em 7 de maio.

A diretora  de 15 anos. O estudante interpreta Mano, protagonista da trama que narra o processo de amadurecimento de um grupo de jovens de classe média. “Nunca estive em uma mostra de cinema e nem aqui em Recife. Então espero que vocês gostem do nosso filme”, disse ele.  Sobre o que quer fazer daqui para frente, ele foi sincero. “Nem sei se quero mesmo ser ator. No momento, preciso é passar de ano na escola”, completou o menino, enquanto se formava uma fila de fãs, eufóricas, para tirar fotos e pedir autógrafos.

Ainda antes de filme começar, ao aparecer o nome de Francisco nos créditos iniciais, uma gritaria tomou cnta do cinema. Paulinho Vilhena, outro que está no filme, mas não compareceu, também foi bastante aplaudido ao surgir na telona.

Laís estava satisfeita com a repercussão do longa. “É um filme focado na juventude, mas que agrada a diferentes gerações. Fico feliz por entenderem a mensagem”, afirmou.

Aguardado por centenas de fãs, Fiuk, que está em Malhação , não pode comparecer o evento, devido ao ritmo acelerado das gravações. Decepção compensada pela presente de Francisco, que foi bastante aplaudido a cada cena.

* O repórter viajou a convite da organização do Festival.

    Leia tudo sobre: festivalfiukfrancisco miguezcine fest pe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG