"Assalto em Dose Dupla" procura fazer graça dos clichês

Comédia segue a cartilha do subgênero "assalto descolado", com todos os clichês e desdobramentos previsíveis

Reuters |

"Assalto em Dose Dupla" é vendido como uma comédia de ação escrita pelos roteiristas da série "Se Beber Não Case" , Jon Lucas e Scott Moore. Por isso, tenta-se passá-lo como algo na mesma linha, o que se revela enganoso.

Divulgação
Patrick Dempsey e Ashley Judd encabeçam o elenco da comédia "Assalto em Dose Dupla"
A trama gira em torno de um assalto duplo ao mesmo banco, onde trabalha Kaitlin (Ashley Judd), que está prestes a casar com um ricaço e abandonar o emprego.

O primeiro bando de assaltantes é composto por ases da tecnologia e do planejamento (Mekhi Phifer, Matt Ryan e John Ventimiglia). Já o segundo time é formado por dois caipiras sem qualquer noção de como agir (Tim Blake Nelson e Pruitt Taylor Vince).

Também está na agência Tripp (Patrick Dempsey, que viveu dias melhores como galã juvenil nos anos de 1980 em filmes como "Namorada de Aluguel" e "Loverboy - Garoto de Programa"). Além de ser muito esperto e ter uma inteligência especial para números, ele tem alguns tiques nervosos, como falar sem parar quando se sente sob pressão - algo que os roteiristas devem achar engraçado.

Siga o iG Cultura no Twitter

Os funcionários do banco e os poucos clientes são tomados como reféns, mas, para a sorte deles, Tripp está lá e toma a dianteira com um plano para salvá-los. O que é um alívio, pois se fossem esperar a polícia, o filme seria mais longo. Segue-se, então, a cartilha do subgênero "assalto descolado", com os clichês e desdobramentos previsíveis.

Veja seis cenas de assalto a banco em filmes

A química entre Dempsey (que também é creditado como produtor do longa) e Ashley é quase inexistente, por isso, soa estranho quando eles engatam um suposto romance em meio a tiroteios e disputas entre assaltantes. Talvez o ator tenha visto no filme a possibilidade de fugir do purgatório das comédias românticas em que sua carreira se transformou ("Idas e Vindas do Amor", "O Melhor Amigo da Noiva", "Doce Lar"), mas não foi desta vez. Os anos 1980 não voltam.

null

    Leia tudo sobre: Assalto em Dose DuplaPatrick Dempseycinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG