"As histórias de '360' são como um vírus", diz Fernando Meirelles

Novo longa do diretor brasileiro abriu Festival de Londres nesta quarta-feira

EFE |

O cineasta brasileiro Fernando Meirelles abriu nesta quarta-feira (12) o Festival de Cinema de Londres com seu filme "360", uma reflexão romântica sobre a globalização e os mistérios do destino que foi rodada em seis países.

No formato de um quebra-cabeça, o filme conta a interligação das vidas de personagens ao redor do mundo. Entre eles, uma prostituta eslovaca, um dentista muçulmano apaixonado por sua enfermeira, uma adúltera londrina e um homem em busca de sua filha desaparecida nos Estados Unidos.

Siga o iG Cultura no Twitter

"As histórias deste filme são como um vírus que se espalha por todo o planeta. Vivemos em um mundo plano, mais interconectado do que nunca e é isso o que eu queria contar, mas a partir de uma perspectiva do romantismo, sem conotações políticas", explicou Meirelles na apresentação de "360", que até agora só foi exibido no Festival de Cinema de Toronto.

O elenco de "360" reúne atores de 14 países, incluindo estrelas como os britânicos Anthony Hopkins, Jude Law e Rachel Weisz ao lado de outros intérpretes desconhecidos do cenário internacional. Indicado ao Oscar em 2003 com o filme "Cidade de Deus", o diretor explicou que encontrar os rostos dos inúmeros personagens ao redor do mundo representou a verdadeira essência desse projeto de vocação global rodado em vários idiomas.

O diretor de "O Jardineiro Fiel" e "Ensaio Sobre a Cegueira" explicou que seu objetivo era explorar as infinitas conexões da vida, já que se sente intrigado pelos mistérios do destino e onde podem levar as decisões.

O efeito dominó da crise financeira e da gripe A serviram de inspiração para o roteirista Peter Morgan, responsável por "A Rainha" e "Frost/Nixon". "Acho fascinante ver como um homem que entra em um avião pode provocar uma epidemia e como a irresponsabilidade de um país pode causar o caos financeiro em nível mundial", comentou o escritor britânico.

Além do filme de Meirelles, a mostra cinematográfica não competitiva da capital britânica projetará até o dia 27 de outubro mais de 200 títulos, incluídos 13 estreias mundiais e filmes selecionados após a exibição em outros festivais.

    Leia tudo sobre: fernando meirelles360festival de londres

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG