Angelina Jolie vai dirigir filme sobre Guerra da Bósnia

Segundo a imprensa local, filme abordará romance entre homem e uma mulher que pertencem a etnias diferentes

EFE |

© AP
A atriz americana Angelina Jolie
A atriz americana Angelina Jolie está na Bósnia-Herzegóvina para produzir seu primeiro filme como diretora, centrado na Guerra da Bósnia, segundo a imprensa local de Sarajevo. Angelina chegou ontem à noite a Sarajevo, onde deve ficar até domingo, acompanhada dos filhos gêmeos Knox e Vivienne e vários guarda-costas.

A atriz saiu do aeroporto em uma caminhonete com placas da Eufor (forças de paz da União Europeia) e seguiu para um local não-informado, afirmou o jornal bósnio "Dnevni Avaz". Trata-se da quarta visita de Angelina à Bósnia em quatro meses. Em abril, ela visitou o país como embaixadora da boa vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) e depois foi com seu marido, Brad Pitt, a um campo de refugiados na cidade de Gorazde.

Segundo a imprensa, a atriz ficou tão impressionada que decidiu fazer um filme na Bósnia-Herzegóvina ambientado na época da guerra (1992-1995). Seria um romance proibido entre um homem e uma mulher que pertencem a etnias diferentes. O jornal "Blic" de Belgrado anunciou ontem que Angelina visitará a capital sérvia no dia 3 de setembro para conversar sobre a produção desse filme com o cineasta Filip Gajic.

    Leia tudo sobre: Angelina Jolie

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG