Angelina Jolie diz que Salt equilibra lado materno

Segundo atriz, filme de ação é contraponto a seu lado "meigo"

EFE |

Divulgação
Angelina Jolie é heroína do filme de ação Salt
Angelina Jolie promoveu nesta terça-feira em Tóquio seu recente filme Salt , uma produção "agressiva e ativa" com a qual buscou equilibrar todo o lado "meigo e materno" que a envolveu após ter seus filhos gêmeos Knox León e Vivienne Marcheline, em 2008.

Jolie viajou à capital japonesa acompanhada de seus quatro filhos mais velhos: Maddox, adotado no Camboja, o etíope Zahara, o vietnamita Pax e sua primeira filha biológica, Shiloh.

Em Salt , um filme de ação dirigido pelo cineasta australiano Phillip Noyce ( O Coleccionador de Ossos , de 1999), Angelina faz o papel de uma agente da CIA acusada de trabalhar para os russos. "Após dar à luz, me sentia emotiva, meiga. Queria fazer algo que equilibrasse esses sentimentos", ressaltou a atriz.

Durante entrevista coletiva num hotel de Tóquio, Angelina falou nesta terça-feira sobre algumas lembranças das filmagens, como o susto de seu filho mais velho, Maddox, quando a viu irreconhecível vestida de policial para cenas de uma sequência.

Ela também explicou que, em princípio, o papel principal do filme era pensado para um homem (Tom Cruise), mas houve mudanças no roteiro.

    Leia tudo sobre: Angelina Jolie

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG