Angelina Jolie diz que Paquistão precisa de ajuda de longo prazo

Coberta por um lenço negro, atriz hollywoodiana visitou áreas devastadas

Reuters |

AFP
Angelina Jolie conversa com mulher desabrigada por inundações
A atriz Angelina Jolie lançou um chamado nesta terça-feira por assistência constante e de longo prazo ao Paquistão para ajudar o país a enfrentar as piores inundações de sua história, que causaram destruição generalizada no país pobre.

Desde que começou, mais de um mês atrás, o desastre já causou mais de 1.750 mortes, afetou mais de 18 milhões de pessoas e infligiu prejuízos de quase 43 bilhões de dólares à infraestrutura e agricultura, a base da economia.

"É uma situação extraordinariamente complexa", disse Jolie a repórteres depois de visitar um campo no noroeste do Paquistão com milhares de refugiados. "Estas são situações que vão se arrastar por muito, muito tempo e precisarão de nosso apoio constante por muito, muito tempo."

Embaixadora da boa vontade da agência da ONU para os refugiados, Jolie disse que vai incentivar governos e indivíduos a ajudarem a aliviar o sofrimento do Paquistão.

Com um lenço negro na cabeça, a atriz de Hollywood conversou com mulheres e crianças deslocadas enquanto caminhou entre barracas montadas nas ruínas de campo erguido há cerca de três décadas para receber refugiados afegãos. Jolie disse estar "muito comovida" com a devastação.

    Leia tudo sobre: angeline joliepaquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG