Aclamado pelo público, filme Tom Ford ganha Leão Gay

VENEZA ¿ O estilista Tom Ford estreou como diretor com A Single Man, protagonizado por Colin Firth, que teve hoje uma grande recepção no Festival de Cinema de Veneza, no qual compete pela seção oficial da mostra e, além disso, levou o Leão Gay 2009 de melhor filme de temática homossexual.

EFE |

Divulgação

"A Single Man": reconhecido por lembrar igualdades de direitos dos homossexuais

O prêmio concedido pela associação cultural Cinemarte, à margem do júri oficial do Festival de Veneza, foi para "A Single Man", segundo a entidade, por causa da "perfeição formal" da obra, que conta a história de um professor de Los Angeles que perde o namorado em um acidente de trânsito.

A escolha do ganhador foi também "porque nos lembra a urgência de leis que garantam a igualdade de direitos para que os homossexuais possam viver seus amores à luz do dia".

"A Single Man", baseado em um livro de Christopher Isherwood, conta a história de um professor (Colin Firth) na Califórnia de 1962 que perde seu companheiro (Matthew Goode) em um acidente. Seu luto e seu desejo de morrer são contados em um dia de sua vida.

O filme foi recebido com aplausos na exibição e com grande ovação no começo da entrevista coletiva de apresentação, onde grande parte das perguntas foi sobre a temática gay e as intenções do diretor de dar voz a este grupo.

No entanto, Tom Ford insistiu em que a história não é sobre ser ou não gay, mas "sobre um homem que perdeu o amor" e "sobre personagens humanos", independentemente de sua condição sexual. "É um poema sobre um homem que acredita que está no último dia de sua vida", acrescentou o diretor sobre seu filme.

Por sua vez, Firth destacou o "privilégio" para ele de interpretar um papel que sabia que era "tão pessoal" para o diretor, o que fez com que também se transformasse em algo muito pessoal para ele.

Sobre sua passagem do mundo da moda para a direção de filmes, Ford ressaltou que o cinema é a arte mais permanente que pode ser criada, "é algo que se mantém para sempre. É o projeto de design definitivo".

O ex-estilista da Yves Saint Laurent e da Gucci considerou que a moda é "completamente efêmera", com um aspecto comercial muito marcado, enquanto o cinema é "realmente uma pura expressão artística".

"A Single Man" representou o fechamento da seção oficial do 66ª edição do Festival de Veneza, com 25 filmes à espera da divulgação amanhã de quem levará o Leão de Ouro.

Leia as últimas notícias do Festival de Veneza

    Leia tudo sobre: festival de veneza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG