Com exibição de "Relatos Selvagens", cerimônia no Ibirapuera abre a Mostra 2014

Por Luísa Pécora , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Filme argentino foi visto por convidados nesta quarta-feira (15); a partir de quinta, público poderá ver mais de 330 longas

Uma cerimônia no Auditório do Ibirapuera na noite desta quarta-feira (15) declarou aberta a 38ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Neste ano, o tradicional festival paulistano vai exibir mais de 330 filmes entre 16 e 29 de outubro.

Mais sobre a Mostra de Cinema de SP:
- Veja todas as notícias sobre o festival
- Saiba tudo sobre ingressos, salas e prêmios

Como de costume, a cerimônia foi apresentada por Marina Person e Serginho Groisman, que dividiram o palco com a diretora da Mostra, Renata de Almeida. Em seguida, houve a exibição de "Relatos Selvagens", candidato da Argentina a uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro e escolhido para abrir o festival.

Imagem do filme 'Relatos Selvagens'. Foto: DivulgaçãoRicardo Darín em cena de 'Relatos Selvagens', filme de abertura da Mostra. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Relatos Selvagens'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Relatos Selvagens'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Relatos Selvagens'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Relatos Selvagens'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Relatos Selvagens'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Relatos Selvagens'. Foto: Divulgação

O longa, uma comédia de humor negro, reúne seis histórias de vingança que culminam em selvageria. Presente à cerimônia, o diretor Damián Szifron fez um breve agradecimento à Renata e passou a palavra à atriz Érica Rivas, destaque do elenco.

"Espero que gostem [do longa] e que possamos ver mais filmes brasileiros na Argentina e mais filmes argentinos no Brasil", afirmou.

Leia também: Veja os filmes da Mostra que já têm data para estrear

Quem também subiu ao palco foi Nathanaël Karmitz, diretor da produtora MK2, uma das mais importantes da França, que completa 40 anos e é tema de uma das retrospectivas da Mostra. Nathanaël leu uma carta do pai, Marin Karmitz, o fundador da empresa, que não pôde vir ao Brasil para o festival.

No texto, ele lembrou da passagem pelo País durante as filmagens de "Ópera do Malandro", de Ruy Guerra, um dos títulos da produtora. "Penso que os filmes que serão apresentados na Mostra darão uma ideia do trabalho da MK2. Estou presente, com vocês, de coração", escreveu Karmitz.

Outros destaques da Mostra deste ano incluem uma retrospectiva do cineasta espanhol Pedro Almodóvar, a versão sem cortes de "Ninfomaníaca", e filmes premiados como "Winter Sleep" e "Um Pombo Pousou num Galho Refletindo Sobre a Existência".

Leia tudo sobre: mostra de são paulomostra 2014cinemaigsprelatos selvagens

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas