Festival do Rio começa nesta quarta-feira com 350 filmes; veja 8 destaques

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

"Boyhood - Da Infância à Juventude" e "Mapas para as Estrelas" são alguns dos longas imperdíveis da mostra carioca

Um dos principais eventos cinematográficos do País, o Festival do Rio começa nesta quarta-feira (24) com 350 filmes de mais de 60 países na programação. Até 8 de outubro, produções nacionais e internacionais - incluindo possíveis candidatas ao Oscar - serão exibidas em cerca de 30 salas da cidade.

O filme de abertura desta edição, a 16ª do festival, será "O Sal da Terra", documentário de Win Wenders e Juliano Ribeiro Salgado, que acompanha as expedições e o trabalho do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado. A sessão de encerramento será "Trash - A Esperança Vem do Lixo", longa que o inglês Stephen Daldry filmou no Brasil.

Imagem do filme 'Boyhood - Da Infância à Juventude'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Mapas para as Estrelas". Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Garota Exemplar'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Trinta'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Mommy'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Coming Home'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Corações Famintos'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Güeros'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'O Sal da Terra'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Trash'. Foto: Daniel Behr

Entre as novidades deste ano está a nova "casa" do Festival do Rio, já que o Cine Odeon, cinema oficial do festival, está fechado por tempo indeterminado para manutenção. Em seu lugar entra o complexo Lagoon, na Lagoa Rodrigo de Freitas, que vai abrigar as sessões de abertura e encerramento, além da mostra Première Brasil, dedicada à produção nacional.

Outra novidade é o fim da Mostra Gay, para que os títulos com temática LGBT estejam espalhados pelas diferentes seções da programação. Além disso, pela primeira vez será entregue o Prêmio Felix para o melhor filme do gênero.

Dentro da mostra Première Brasil, dez longas de ficção competem pelo principal prêmio do festival. São eles: "Ausência", "Casa Grande", "Love Film Festival", "O Fim de Uma Era", "O Fim e os Meios", "O Outro Lado do Paraíso", "O Último Cine Drive-in", "Obra", "Prometo Um Dia Deixar Essa Cidade" e "Sangue Azul".

Divulgação
'Cantinflas' é um dos filmes mexicanos na programação do Festival do Rio

Na competição de documentários estão "À Queima Roupa", "A Vida Privada dos Hipopótamos", "Campo de Jogo", "Esse Viver Ninguém me Tira', "Favela Gay", "Meia Hora e as Manchetes que Viram Manchete", "My Name is Now, Elza Zoares", "O Estopim", "Porque Temos Esperança" e "Samba & Jazz".

Siga o iG Cultura no Twitter

O cinema do México tem espaço especial na edição deste ano, com ampla programação que inclui "Cantinflas", de Sebastian del Amo, candidato do país na disputa por uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro.

Espaço especial também é dedicado a quatro diretores: o italiano Roberto Rossellini, com a exibição de seis clássicos restaurados; o norte-americano Michael Cimino, tema de uma retrospectiva; o brasileiro Hugo Carvana. que receberá homenagem pelos 40 anos de "Vai Trabalhar, Vagabundo"; e o britânico Alfred Hitchcock, com a exibição de cinco longas mudos com acompanhamento musical do pianista Cadu Pereira.

Quem gosta de clássicos também poderá ver cópias restauradas de "A Hard Day's Night" de Richard Lester, e "O Massacre da Serra Elétrica", de Tobe Hooper.

Mais informações sobre programação, preços e locais de exibição estão no site oficial.

Oito filmes para ver no Festival do Rio:

"Boyhood - Da Infância à Juventude": Um dos filmes mais comentados do Festival de Sundance e premiado em Berlim, é dos projetos mais pessoais do diretor Richard Linklater. Foi filmado em 39 dias, mas durante 12 anos, acompanhando o crescimento de um menino dos 5 aos 18 anos. Assim, o ator Ellar Coltrane envelhece na tela como na vida real.

"Mapas para as Estrelas": Novo filme do celebrado diretor canadense David Cronenberg, pode render uma indicação ao Oscar para a atriz Juliane Moore, já premiada em Cannes. Em uma sátira sobre a vida em Hollywood, Cronenberg conta a história da família Weiss, encabeçada por um psicólogo que fez fortuna com livros de auto-ajuda e uma mulher que se ocupa da carreira do filho, um astro mirim de 13 anos.

Divulgação
Imagem do filme 'Mapas para as Estrelas'

"Garota Exemplar": Adaptação do best-seller de Gillian Flynn, que narra o desaparecimento de uma mulher no dia de seu aniversário de casamento. O protagonista é Ben Affleck, ator cuja carreira ganhou novo fôlego após "Argo", e a direção é do norte-americano David Fincher, duas vezes indicado ao Oscar.

"Mommy": Ganhador do prêmio do júri no Festival de Cannes, é um dos mais elogiados trabalhos do jovem diretor canadense Xavier Dolan. Com humor negro, o cineasta conta a história de Diane (interpretada por Anne Dorval), uma mãe solteira que tenta recuperar o filho mentalmente instável, que acaba de sair da prisão.

Divulgação
Imagem do filme 'Coming Home'

"Trinta": Promete ser concorrida a sessão única do filme de Paulo Machline, que será realizada no Teatro Municipal do Rio. O longa narra a trajetória do carnavalesco Joãosinho Trinta (interpretado por Matheus Natchergaele), da infância à produção de seu primeiro desfile na escola de samba Acadêmicos do Salgueiro.

"Coming Home": Exibido em Cannes, é o novo filme do diretor chinês Zhang Yimou, de "Herói" e "A Casa das Adagas Voadoras". Um ex-prisioneiro político, libertado no fim da Revolução Cultural chinesa, volta para casa e descobre que sua antiga paixão tem amnésia. Ele, então, se dedica a fazê-la lembrar do passado.

"Corações Famintos": Primeiro trabalho em inglês do italiano Saverio Constanzo, rendeu prêmio de atuação em Veneza para Alba Rohrwacher e Adam Driver, astro da série "Girls". Após uma gravidez inesperada, uma jovem mãe põe o filho em perigo ao isolá-lo do mundo e deixar de alimentá-lo. A oposição do pai traz problemas ao casal.

"Güeros": Um dos destaques latinos do festival, o longa do mexicano Alonso Ruizpalacios foi premiado em Berlim e Tribeca. Dois jovens entediados veem sua rotina mudar com a chegada do irmão de um deles, recém-expulso de casa e em busca de diversão.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas