Atriz norte-americana é homenageada como Dama Honorária e ator britânico se torna Cavaleiro

Reuters

O Reino Unido deu à atriz Angelina Jolie, vencedora do Oscar, o título de Dama Honorária (membro feminino da Ordem do império Britânico) por serviços prestados à política externa do país e pela campanha contra violência sexual em zonas de guerra.

Jolie, que é enviada especial do Alto Comissariado para Refugiados da ONU (UNHCR), estava entre as 1.149 pessoas que receberam um prêmio pela sua contribuição à sociedade britânica, na lista anual Queen's Birthday Honours publicada neste sábado.

A lista inclui um MBE póstumo (Membro do Império Britânico) para o adolescente que sofria de câncer, Stephen Sutton, e um título de Cavaleiro para o ator Daniel Day-Lewis.

Daniel Day-Lewis no Oscar 2014
Getty Images
Daniel Day-Lewis no Oscar 2014

Jolie, de 39 anos, é co-fundadora da Preventing Sexual Violence Initiative (Iniciativa para Prevenção da Violência Sexual) com o secretário das relações exteriores Wiliam Hague, em 2012 e foi uma das oradoras de uma grande conferência sobre o tema, em Londres, essa semana.

Como ela não é cidadã britânica, ela não pode ser tratada como Dama, mas recebe o prêmio de forma honorária.

A ativista contra o câncer Sutton aceitou o prêmio de Membro da Ordem do Império Britânico antes da sua morte no mês passado, declarou o escritório do gabinete do governo, que anuncia os prêmios.

Day-Lewis, de 57 anos, primeiro ator a vencer três Oscars como Melhor Ator e astro de "Lincoln" e de "Sangue Negro", recebeu o título de Oficial da Ordem do império Britânico (OBE), pelo seu trabalho como ator.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.