Estreia de novo "X-Men" fatura R$ 674 milhões e bate "Avatar" nas bilheterias

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Filme foi impulsionado por ótimas críticas e atraiu uma plateia diversificada de 56% de homens e 44% de mulheres

Reuters

O filme "X-Men: Dias de um Futuro Esquecido" arrecadou US$ 302 milhões (R$ 674 milhões) em todo o mundo nesta segunda-feira, coroando um final de semana no qual ultrapassou "Avatar" como melhor estreia global do estúdio 20th Century Fox.

O sétimo filme da franquia "X-Men" liderou as bilheterias nos Estados Unidos e no Canadá, rendendo US$ 111 milhões entre sexta-feira e segunda-feira, de acordo com estimativas da empresa de monitoramento Rentrak. O mais recente capítulo da saga mutante ainda levantou outros US$ 191 milhões ao redor do mundo, informou a Fox.

Cena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: DivulgaçãoCena de 'X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido'. Foto: Divulgação

A sequência foi impulsionada por ótimas críticas, incluindo uma avaliação 91% positiva no site Rotten Tomatoes, referência na área, e uma nota “A” do público em levantamento do instituto de pesquisa CinemaScore, segundo executivos da Fox.

O filme atraiu uma plateia diversificada de 56% de homens e 44% de mulheres, disse o vice-presidente e gerente de vendas 20th Century Fox, Spencer Klein. “O filme ganhou terreno junto à audiência em geral”, declarou ele.

Entre sexta-feira e domingo, "X-Men” vendeu globalmente uma quantidade de ingressos que superou os da estreia de "Avatar" em dezembro de 2009, quando a aventura de ficção científica amealhou US$ 241,5 milhões no mundo todo e se tornou o filme de maior arrecadação de toda a história, somando US$ 2,8 bilhões, de acordo com o site Box Office Mojo.

"X-Men" vendeu US$ 261,8 milhões em ingressos mundialmente em seus três primeiros dias de exibição em 119 países, incluindo US$ 37,7 milhões na China, segundo maior mercado de cinema do mundo. "Avatar" não estreou na China durante seu primeiro final de semana em cartaz.

No episódio mais recente da série da Marvel Comics, Wolverine, interpretado novamente por Hugh Jackmann, viaja no tempo para tentar salvar os mutantes de sua futura destruição. Para alterar a história, ele é atraído a uma batalha com Mystique, papel da oscarizada Jennifer Lawrence na produção de US$ 200 milhões.

O filme teve que lutar com uma dose de propaganda desfavorável depois que dois homens acusaram o diretor Bryan Singer de abusá-los sexualmente na adolescência, acusações que ele nega.

A chegada bombástica de "X-Men" enxotou o novo "Godzilla" para a segunda posição nos cinemas norte-americanos e canadenses. A refilmagem do clássico japonês obteve US$ 39,4 milhões nos dois países entre sexta-feira e segunda-feira, e elevou sua arrecadação global para US$ 324,5 milhões, de acordo com a Warner Bros.

A nova comédia romântica "Juntos e Misturados" ficou em terceiro, aquém das previsões, com US$ 18,2 milhões na América do Norte até esta segunda-feira. O filme tem Drew Barrymore e Adam Sandler como pais solteiros de férias com os filhos em um resort na África.

A comédia "Vizinhos", de Seth Rogen, chegou em quarto com US$ 17,2 milhões, à frente da sequência “O Espetacular Homem-Aranha 2”, que obteve US$ 10 milhões na quinta colocação.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas