Banheiro vira cenário de "Reveillón", comédia com Luana Piovani e Júlia Rabello

Por Luísa Pécora |

compartilhe

Tamanho do texto

Longa mostra os bastidores de uma festa de ano novo com situações tragicômicas; iG visitou o set de filmagens

Em seu último dia no set da comédia "Reveillón", Luana Piovani pede "um minuto" antes de repetir a cena em que se emociona ao ouvir uma canção. Diante dela, no cenário que imita um lavabo, Paulo Tiefenthaler está sentado em um vaso sanitário, segurando um violão.

A atriz, que usa um vestido branco e decotado, abaixa a cabeça, respira e dá o OK para o diretor Fábio Mendonça começar a gravar. Algumas repetições depois, a cena fica pronta, a equipe aplaude Piovani e "Far L'Amore", música de Bob Sinclar e Raffaella Carra que ficou famosa na trilha de "A Grande Beleza", ecoa pelo set enquanto todos começam a dançar.

Imagem do set do filme 'Reveillón'. Foto: DivulgaçãoImagem do set do filme 'Reveillón'. Foto: DivulgaçãoImagem do set do filme 'Reveillón'. Foto: DivulgaçãoImagem do set do filme 'Reveillón'. Foto: DivulgaçãoImagem do set do filme 'Reveillón'. Foto: Divulgação

O iG encontrou clima de descontração durante visita ao set de "Reveillón", nesta terça-feira (12), no estúdio da produtora O2 em Cotia, na Grande São Paulo. A oito dias de terminar as filmagens, que começaram há quatro semanas, a equipe já começa a se despedir.

"Tivemos uma química perfeita. Criamos grupo no WhatsApp e queremos trabalhar de novo juntos", diz Piovani, que aceitou fazer o filme "imediatamente" após ler o roteiro.

Com estreia programada para o fim do ano, "Reveillón" é uma adaptação da peça "O Banheiro", de Pedro Vicente, e mostra uma festa da virada no qual um grupo de amigos vive uma série de situações tragicômicas: crises no casamento, casos extraconjugais e até um traficante preso em um armário.

O elenco também conta com Júlia Rabello, João Vicente de Castro, Luana Martau, Marcos Palmeira, Marta Nowill e Taumaturgo Ferreira. Os direitos da adaptação foram comprados há cinco anos pela produtora Andrea Barata Ribeiro, que em 2013 chamou Mendonça para a direção, no que será sua estreia em longa-metragem.

Siga o iG Cultura no Twitter

Divulgação
Selfie da equipe de 'Reveillón', publicada no site da O2

"Aceitei o convite pelo desafio de contar a história de uma festa pelos bastidores. E por ter muita vontade de fazer uma comédia de erros, de situação, não tão focada apenas nas piadas", afirma o diretor.

Um terço do longa se passa em um banheiro construído pela equipe do diretor de arte Cássio Amarante. Com paredes e espelhos que se movem, o local muda de tamanho conforme a necessidade e chegou a abrigar oito atores ao mesmo tempo.

A peça se passa apenas em um banheiro, mas o filme ampliou a história para outros espaços, como sala, quarto de empregada e lavanderia, além de dois outros banheiros. As poucas cenas da festa em si foram gravadas em uma casa no Pacaembu, em São Paulo.

O fato de a história se passar em um intervalo de cerca de três ou quatro horas representou um desafio para a produção, que teve de redobrar o cuidado com a continuidade, mantendo intactos durante semanas os papéis no chão e latas de cerveja espalhados pelo cenário. "Parece que está uma bagunça, mas na verdade é tudo muito rígido. Não pode nem tocar", conta Amarante.

Para o elenco, especialmente as atrizes, o desafio foi usar o mesmo figurino durante toda a filmagem. "Não tem pijama que seja confortável se você o usa 12 horas por dia durante quatro semanas", brinca Piovani.

Comédia diferente

Produtora de filmes como "Cidade de Deus", "Ensaio Sobre a Cegueira" e "À Deriva", a 02 faz com "Reveillón" sua primeira comédia em dez anos. Barata Ribeiro, uma das sócias da empresa, diz que não há tentativa de buscar filmes mais comerciais, mas, sim, seguir com um perfil eclético.

"Sentia vontade de fazer uma comédia, mas com um valor de produção bacana. O gênero está merecendo uma coisa mais bem tratada tecnicamente", disse a produtora.

Segundo ela, o orçamento de R$ 5,5 milhões já foi 90% captado e a produção conta com o patrocínio de uma marca de sabonete via product placement. Nenhuma marca de cerveja ou bebida alcóolica quis participar do projeto.

A distribuição ficará por conta da Paris/Downtown e Barata Ribeiro diz esperar boa bilheteria, ainda que não ofereça números. Ela também já tem  uma sequência em mente: "Mas é uma microideia ainda, vamos ver se o filme segura."

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas