Ângelo Antônio sobre filmar em aterro: "Não passo impune por um catador de lixo"

Por Luísa Pécora , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Ator é o protagonista de "Entre Vales", longa de Philippe Barcinski que estreia nesta quinta-feira (8)

O som de tratores dando ré em meio a uma montanha de lixo é a lembrança mais viva que Ângelo Antônio carrega do set de "Entre Vales", filme de Philippe Barcinski que estreia nesta quinta-feira (8). Para viver o protagonista, um homem devastado por uma série de perdas, o ator passou cerca de um mês gravando em aterros sanitários de São Paulo e Rio de Janeiro.

Crítica: "Entre Vales" usa lixo para contar história de perda e reconstrução

"Foi um presente ter filmado naquele lugar, conviver com aquelas pessoas", diz Antônio, em entrevista ao iG. "Hoje, não passo impune por um cara catando lixo, por um caminhão de lixo na rua. Geralmente são pessoas invisíveis, mas ficaram completamente visíveis para mim."

Imagem do filme 'Entre Vales'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme "Entre Vales". Foto: DivulgaçãoImagem do filme "Entre Vales". Foto: DivulgaçãoImagem do filme "Entre Vales". Foto: DivulgaçãoÂngelo Antônio no set de 'Entre Vales'. Foto: DivulgaçãoImagem das filmagens de 'Entre Vales'. Foto: Divulgação

Em "Entre Vales", Antônio interpreta um empresário bem-sucedido que vê sua vida mudar completamente após problemas profissionais e tragédias pessoais. "Este filme me faz pensar nos caminhos da vida, em como as coisas podem virar de cabeça para baixo - e viram, o tempo todo", diz o ator.

Siga o iG Cultura no Twitter

O lixo serve como metáfora para contar uma trajetória de perda e reconstrução. Nas filmagens nos aterros, grande parte dos figurantes eram catadores de verdade.

Divulgação
Imagem do filme '2 Filhos de Francisco'

"Conversar com estas pessoas muda o seu jeito de pensar. Vemos de longe, achamos que é terrível, mas as pessoas agradecem o lixo por ter conseguido construir uma família, criar os filhos", conta.

"2 Filhos de Francisco"

Ântonio se assusta quando a reportagem do iG comenta que, em 2015, o lançamento de "2 Filhos de Francisco" completará dez anos.

O filme, no qual Antônio interpretou o pai da dupla Zezé di Camargo e Luciano, o fez despontar no cinema e foi um dos maiores sucessos do pós-retomada, visto por mais de 5,3 milhões de espectadores.

Para o ator, "2 Filhos de Francisco" ajudou a abrir o caminho para que o cinema nacional alcançasse grandes plateias. "Hoje, um filme fazer 1,3 milhão, 3 milhões de espectadores não é nada assombroso. O público começou a acreditar, assistir, valorizar o filme brasileiro, e acho que a gente teve parte nisto, neste espaço conquistado."

Feliz em transitar tanto pelo cinema comercial quanto por lançamentos mais restritos ao circuito de arte ("o importante é o time ser legal"), Antônio diz sonhar em trabalhar não em Hollywood, mas na Argentina. "Acho mais próximo de mim."

Veja o trailer de "Entre Vales":


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas