15 comédias românticas inesquecíveis

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

De "Aconteceu Naquela Noite" a "O Lado Bom da Vida", relembre os melhores filmes do gênero

A comédia romântica teve sua época de ouro nos anos 1930 e 1940, quando diretores como Frank Capra, Howard Hawks e George Cukor lançaram clássicos como "Aconteceu Naquela Noite", "Jejum de Amor" e "Núpcias de Escândalo".

Leia também: As 15 piores comédias românticas do cinema
Crítica: "S.O.S. Mulheres ao Mar" destaca personagens femininas

Na semana em que o nacional "S.O.S. Mulheres ao Mar" chega às salas, o iG relembra 15 comédias românticas que marcaram o cinema:

'O Lado Bom da Vida' (2012): Um romance começa quando uma garota-problema (Jennifer Lawrence) convence um homem bipolar (Bradley Cooper) a entrar num concurso de dança. Foto: Divulgação'Casamento Grego' (2002): Após encontrar o homem ideal, Toula (Nia Vardalos) precisa lidar com as confusões de sua família grega em meio aos preparativos do casamento. Foto: Divulgação'O Fabuloso Destino de Amélie Poulan' (2001): Sucesso do cinema francês sobre uma jovem (Audrey Tatou) que encontra o amor enquanto ajuda os outros. Foto: Divulgação'Um Lugar Chamado Notting Hill' (1999): Sucesso de bilheteria, conta a história de uma estrela de Hollywood (Julia Roberts) que se apaixona pelo dono de uma livraria em Londres (Hugh Grant). Foto: Divulgação'Feitiço do Tempo' (1993): Para ficar com Andie MacDowell, o arrogante personagem de Bill Murray precisa vencer um loop de tempo que o faz viver o mesmo dia várias vezes. Foto: Divulgação'Uma Linda Mulher' (1990): Julia Roberts virou estrela no papel de uma prostituta que vive uma história de amor com um empresário (Richard Gere). Foto: Reprodução'Harry e Sally - Feitos Um Para o Outro' (1989): Billy Crystal e Meg Ryan são amigos de faculdade que se reencontram e se apaixonam. Foto: Divulgação'Noivo Neurótico, Noiva Nervosa' (1977): Em um de seus melhores filmes, Woody Allen tenta entender os motivos do fim de seu relacionamento com Annie Hall (Diane Keaton). Foto: Divulgação'Bonequinha de Luxo' (1961): Em seu papel mais famoso, Audrey Hepburn é uma charmosa socialite que se interessa pelo escritor que se muda para seu prédio (George Peppard). Foto: Divulgação'Se Meu Apartamento Falasse' (1960): Shirley MacLaine e Jack Lemmon estrelam clássico de Billy Wilder sobre homem que deixa chefes usarem sua casa para encontrar amantes. Foto: Divulgação'Núpcias de Escândalo' (1940): Socialite (Katharine Hepburn) vê seu casamento ameaçado com a chegada de seu ex-marido (Cary Grant) e de um jornalista (James Stewart). Foto: Divulgação'A Loja da Esquina' (1940): James Stewart e Margaret Sullavan são funcionários de uma loja que se odeiam, sem saber que trocam cartas de amor anônimas. Foto: Divugação'Jejum de Amor' (1940): Cary Grant é o editor de um jornal que faz de tudo para que sua ex-mulher, uma repórter vivida por Rosalind Russell, não se case de novo. Foto: Divulgação'Levada da Breca' (1938): Clássico de Howard Hawks, tem Cary Grant como paleontólogo que conhece uma mulher (Katharine Hepburn) com leopardo de estimação. Foto: Divulgação'Aconteceu Naquela Noite' (1934): Frank Capra dirigiu a mais célebre comédia romântica, na qual Clark Gable e Claudette Colbert brigam muito até se renderem ao amor. Foto: Divulgação


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas