Cineasta brasileiro Eduardo Coutinho é homenageado no Oscar 2014

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Diretor foi lembrado em clipe sobre artistas que morreram recentemente, como Philip Seymour Hoffman e Paul Walker

O cineasta brasileiro Eduardo Coutinho foi lembrado durante a cerimônia do Oscar 2014, neste domingo (2). O diretor, um dos mais importantes do País, apareceu em clipe sobre os artistas que morreram em 2013 e no início deste ano, ao lado de personalidades como os atores Philip Seymour Hoffman e Paul Walker e o crítico Roger Ebert.

Leia também: Veja os ganhadores do Oscar 2014
A
nálise: Eduardo Coutinho, o cineasta que queria ouvir

Eduardo Coutinho autografa livro sobre ele no Cinesesc (25/10). Foto: Divulgação'As Canções', de Eduardo Coutinho (2011). Foto: Divulgação'Moscou', de Eduardo Coutinho (2009). Foto: Divulgação'Jogo de Cena', de Eduardo Coutinho (2007). Foto: Divulgação'O Fim e o Princípio', de Eduardo Coutinho (2006). Foto: Divulgação'Peões', de Eduardo Coutinho (2004). Foto: Divulgação'Edifício Master', de Eduardo Coutinho (2002). Foto: Divulgação'Babilônia 2000', de Eduardo Coutinho (1999). Foto: Divulgação'Santo Forte', de Eduardo Coutinho (1999). Foto: Divulgação'Boca de Lixo', de Eduardo Coutinho (1993). Foto: Divulgação'O Fio da Memória', de Eduardo Coutinho (1991). Foto: Divulgação'Santa Marta - Duas Semanas no Morro', de Eduardo Coutinho (1987). Foto: Divulgação'Cabra Marcado para Morrer', de Eduardo Coutinho (1985). Foto: Divulgação'Teodorico, o Imperador do Sertão', de Eduardo Coutinho (1978). Foto: Divulgação'O Homem que Comprou o Mundo', de Eduardo Coutinho (1968). Foto: Divulgação

Coutinho morreu em 2 de fevereiro, esfaqueado pelo filho que, segundo a polícia, sofreu um surto psicótico. Ele tinha 80 anos.

Siga o iG Cultura no Twitter

Inicialmente um cineasta de ficção, ele descobriu o documentário após passagem pelo programa "Globo Repórter" nos anos 1970. A partir daí, fez filmes que ajudaram a transformar o gênero no mais forte do cinema brasileiro.

Entre seus trabalhos estão "Cabra Marcado Para Morrer", "Edifício Master", "Jogo de Cena" e "As Canções", o último, lançado em 2010.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas