Morre Arduíno Colassanti, pioneiro do surfe no Brasil e ator do Cinema Novo

Por iG São Paulo |

Texto

Italiano radicado no Brasil fez mais de 40 filmes, incluindo "El Justicero" e "Como Era Gostoso o Meu Francês"

Divulgação
O ator Arduíno Colassanti durante depoimento a vídeo publicitário da Conspiração Filmes

O ator italiano radicado no Brasil Arduíno Colassanti morreu neste sábado (22), em Niterói, no Rio de Janeiro.

Siga o iG Cultura no Twitter

O artista tinha 78 anos e sofreu uma parada cardíaca no Hospital Universitário Antônio Pedro, onde estava internado.

Nascido em Livorno, na Itália, em 1936, Colassanti se mudou para o Rio de Janeiro com a família, aos 11 anos.

Na década de 1940 começou a frequentar o Arpoador e se tornou em um dos primeiros surfistas do Brasil. 

Estreou nas telonas com "El Justicero", de 1967, e durante a carreira fez mais de 40 filmes, tornando-se um dos atores mais importantes do Cinema Novo.

Fez o primeiro nu fontal do cinema brasileiro em "Como Era Gostoso o Meu Francês", filme dirigido por Nelson Pereira dos Santos e lançado em 1971. 

Leia tudo sobre: arduíno colassanticinema
Texto

notícias relacionadas