Banqueiro retratado em "O Lobo de Wall Street" pede R$ 56 milhões de indenização

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Norte-americano alega que o comportamento do personagem no filme mancha sua reputação como investidor

O banqueiro Andrew Greene, que inspirou o personagem Nicky "Rugrat" Koskoff no filme "O Lobo de Wall Street", está processando os produtores do longa em US$ 25 milhões (R$ 56 milhões) devido à maneira com que foi retratado.

Crítica: Scorsese mostra excessos do mercado financeiro em "O Lobo de Wall Street"

Divulgação
O ator P.J. Byrne em 'O Lobo de Wall Street'

Em "O Lobo de Wall Street", Greene é interpretado por P.J. Byrne. O filme dirigido pr Martin Scorsese é baseado nas memórias de Jordan Belfort, corretor da Bolsa de Valores de Nova York condenado à prisão por fraudes financeiras.

Mais: Economista comenta mitos e verdades de "O Lobo de Wall Street"

"O filme contém várias cenas em que o personagem de Greene é retratado como um criminoso, usuário de drogas, degenerado, depravado e/ou desprovido de qualquer moral ou ética", diz o processo impetrado em um tribunal de Nova York.

Cena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Lobo de Wall Street'. Foto: Divulgação

"Em uma das cenas, o personagem é filmado raspando a cabeça de uma mulher depois que o personagem de Jordan Belfort afirma que a mulher receberia dez mil dólares", afirma ainda o processo.

Siga o iG Cultura no Twitter

Andrew Greene era diretor financeiro da corretora Stratton Oakmont entre 1993 e 1996, e foi retratado com seu nome real na biografia escrita por Jordan Belfort (este interpretado no filme por Leonardo DiCaprio).

Atualmente um investidor nos EUA, Greene alega que a forma com que é retratado em "O Lobo de Wall Street" mancha sua reputação. "O senhor Greene será eternamente ligado aos crimes e ao comportamento odioso de seu personagem, mesmo com ele nunca tendo sido entrevistado, questionado, acusado ou detido devido ao comportamento com que é retratado no filme", diz o processo.

Além da indenização em dinheiro, os advogados de Greene exigem que o filme seja retirado dos cinemas.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas