Droga encontrada na casa de Philip Seymour Hoffman leva a quatro prisões

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com o jornal New York Daily News, polícia fez batida em imóvel no bairro de Chinatown

Reuters

Quatro pessoas foram presas na terça-feira (4) por suposta ligação com as drogas encontradas na casa do ator Philip Seymour Hoffman, que morreu no fim de semana por causa de uma aparente overdose. A informação é do jornal New York Daily News, que cita fontes policiais não identificadas.

As prisões ocorreram durante uma batida policial em um imóvel do bairro de Chinatown, em Manhattan, que a polícia suspeita estar na origem da heroína encontrada na casa de Hoffman, segundo o jornal.

Leia também: Philip Seymour Hoffman em sete personagens

Philip Seymour Hoffman chega para a sessão de gala de 'The Master' em Veneza. Foto: Getty ImagesPhilip Seymour Hoffman com o elenco de "A Morte do Caixeiro Viajante", na Broadway. Foto: Getty ImagesPhilip Seymour Hoffman em 'O Homem que Mudou o Jogo'. Foto: DivulgaçãoPhilip Seymour Hoffman em "The Master". Foto: DivulgaçãoPhilip Seymour Hoffman em 'The Master'. Foto: DivulgaçãoO ator Philip Seymour Hoffman acena para fotógrafos em Veneza. Foto: ReutersOs flashes dos fotógrafos criaram uma série de sombras para o ator Philip Seymour Hoffman, no elenco de 'The Master'. Foto: Getty ImagesO ator Philip Seymour Hoffman enfrenta uma parede de fotógrafos em Veneza. Foto: ReutersO ator Philip Seymour Hoffman tira uma foto com o celular no tapete vermelho de Veneza. Foto: Reuters

Um porta-voz da polícia de Nova York disse à Reuters que as autoridades encontraram narcóticos no prédio de Chinatown, e que quatro pessoas foram detidas. Ele se recusou a confirmar se as detenções estão diretamente relacionadas à morte de Hoffman, ganhador do Oscar de melhor ator em 2006.

Um segundo porta-voz da polícia informou à Reuters na terça-feira à noite que a heroína achada no apartamento de Hoffman depois da morte não estava diluída nem misturada à substância chamada fentanil, um narcótico sintético que, segundo autoridades sanitárias, já causou várias mortes por overdose nos últimos meses.

"Não foi achado fentanil nas drogas", disse o porta-voz.

Leia também: Polícia acha seringas usadas na casa de Hoffman
Repercussão: Artistas lamentam morte de Philip Seymour Hoffman

AP
Philip Seymour Hoffman posa para fotos no Festival de Sundance, em janeiro

Hoffman, de 46 anos, foi encontrado morto no domingo, no chão do banheiro de seu apartamento, ainda com uma seringa espetada no braço. Cerca de 20 papelotes de heroína também foram apreendidos no imóvel.

Os resultados preliminares da autópsia devem ser divulgados na quarta-feira.

Hoffman, que deixa três filhos com sua companheira Mimi O'Donnell, tinha um longo histórico de problemas com drogas. O ator - considerado um dos mais talentosos da sua geração - buscou tratamento no ano passado, após mais de 20 anos de abstinência.

Um representante da família disse que Hoffman será sepultado numa cerimônia íntima, e que um evento público será realizado nas próximas semanas.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas