Apesar das polêmicas, cineasta dinamarquês segue restrito ao circuito de arte no País; veja os números

O polêmico  "Ninfomaníaca" , que estreia nesta sexta-feira (10) em 40 salas de 16 cidades, é o maior lançamento do diretor Lars von Trier no Brasil. Resta saber se o filme sobre uma viciada em sexo, que foi alvo de uma campanha de marketing sem precedentes para o cineasta, vai conseguir ampliar o público do dinamarquês no País.

Crítica: Em "Ninfomaníaca", Von Trier discute sexo, mas inova pouco

Dados do site especializado Filme B indicam que o diretor ainda segue restrito ao circuito de arte brasileiro. Seus dois maiores sucessos de público, "Dogville" (187 mil espectadores) e "Melancolia" (134,8 mil), são estrelados por atrizes famosas - Nicole Kidman e Kirsten Dunst, respectivamente.

Leia também: As marcas do cinema de Lars von Trier

Outros filmes de Von Trier - "Manderlay", "O Grande Chefe" e "O Anticristo" - ficaram longe da marca de 100 mil espectadores (veja tabela abaixo).

Para o crítico de cinema Pedro Butcher, editor do Filme B, Von Trier não tem o mesmo alcance de diretores como o espanhol Pedro Almodóvar e o norte-americano Woody Allen , cujos longas são lançados também em cinemas de shopping e chegam a ultrapassar 300 mil espectadores ("Meia-Noite em Paris", de Allen, bateu a marca de 1 milhão).

'Dogville', maior sucesso de público de Lars von Trier no Brasil
Divulgação
'Dogville', maior sucesso de público de Lars von Trier no Brasil

Siga o iG Cultura no Twitter

"Talvez ele (Von Trier) dê uma impressão diferente (a de que alcança grande público) porque seus filmes são sempre cercados de muita polêmica - de 'Dogville a 'Melancolia', passando por 'Anticristo', o mais polêmico de todos", afirmou Butcher, em entrevista ao iG .

Pelo mundo

Dinamarca, Alemanha, Itália e Noruega são países nos quais os filmes de Von Trier costumam estrear em grande número de salas. 

Entre os maiores sucessos globais de bilheteria do diretor estão "Dogville", que arrecadou US$ 16,6 milhões (R$ 39,8 milhões) mundialmente, e "Melancolia", que levantou 15,9 milhões (R$ 38,2 milhões).

De todos os filmes lançados desde "Dogville", apenas "Anticristo" teve maior bilheteria nos EUA do que no resto do mundo. O longa estrelado por Charlotte Gainsbourg faturou no mercado norte-americano US$ 404 mil (R$ 970,6 mil) da renda total de US$ 792 mil (R$ 1,9 milhão).

O alcance dos filmes de Lars von Trier no Brasil

Filme

Salas

Espectadores

"Dogville" (2004)

26

187 mil

"Manderlay" (2005)

18*

30,6 mil

"O Grande Chefe" (2007)

4

23,6 mil

"Anticristo" (2009)

14

70,2 mil

"Melancolia" (2011)

32

134,8 mil


Fonte: Filme B

* Segundo a distribuidora Califórnia Filmes, foram 19 cópias

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.