Distribuidora quer lançar cópia sem cortes do longa de Lars von Trier após estreia mundial no Festival de Berlim

Um dos filmes mais aguardados do ano, "Ninfomaníaca" tem duas versões diferentes: a censurada, cuja primeira parte estreia nesta sexta-feira (10) no Brasil, e a sem cortes, que será exibida pela primeira vez no Festival de Berlim, em fevereiro - mas também pode chegar aos cinemas do País.

Leia também: As marcas do cinema de Lars von Trier

Veja:  Campanha quer fazer de "Ninfomaníaca" o filme mais aguardado do ano

A Califórnia Filmes, que distribui "Ninfomaníaca" no Brasil, tem a intenção de lançar a versão sem censura do longa, que tem 5h30 de duração. A cópia censurada foi feita com o consentimento do diretor Lars von Trier, mas sem o seu envolvimento.

Siga o iG Cultura no Twitter

A primeira parte do filme tem 118 minutos de duração. A segunda, prevista para estrear em março, tem 124 minutos. Assim, mesmo na versão censurada o longa completo ultrapassa quatro horas.

Crítica: "Ninfomaníaca" discute sexo, mas inova pouco

"Ninfomaníaca" conta a história de Joe, uma autodiagnosticada viciada em sexo, que conta sua trajetória a um estranho. Durante a juventude, é interpretada pela atriz Stacy Martin. Depois, mais velha, por Charlotte Gainsbourg.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.