"Até que a Sorte nos Separe 2" é visto por mais de 1 milhão na semana de estreia

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Comédia teve a melhor abertura nacional de 2013, com 560 mil espectadores no primeiro fim de semana

A comédia "Até que a Sorte nos Separe 2", continuação do sucesso de 2012, bateu a marca de um milhão de espectadores na primeira semana em cartaz.

Leia: "Até que a Sorte nos Separe 2" brinca com otimismo do "dinheiro fácil"

Artigo: Andre Pellenz fala sobre perspectivas do cinema nacional em 2014

Cenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Gabriel Borges/DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Gabriel Borges/DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Gabriel Borges/DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Gabriel Borges/DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Gabriel Borges/DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Gabriel Borges/DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Gabriel Borges/DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Davi de Almeida / DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Davi de Almeida / DivulgaçãoCenas de "Até que a Sorte nos Separe 2". Foto: Davi de Almeida / Divulgação

O filme com Leandro Hassum também teve a melhor abertura nacional de 2013, sendo visto por 560 mil espectadores no fim de semana de estreia.

Siga o iG Cultura no Twitter

Dirigido por Roberto Santucci, "Até que a Sorte nos Separe 2" teve o maior lançamento da história do cinema nacional, com 734 salas. O número será mantido na segunda semana em cartaz.

Em “Até que a Sorte nos Separe 2”, Tino (Hassum) e Jane (Camila Morgado) são salvos da falência pela inesperada herança do Tio Olavinho. O testamento, porém, exige que as cinzas sejam lançadas no Grand Canyon, o que acaba levando o casal para Las Vegas.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas