Norte-americano está preso depois de postar na rede social Instagram fotos de uma parte do teto do carro

Reuters

Um jovem de 18 anos foi preso sob a acusação de ter roubado um painel do teto do Porsche destruído no acidente que matou o ator de "Velozes e Furiosos" Paul Walker , informaram autoridades policiais de Los Angeles nesta sexta-feira.

Jameson Witty foi preso em casa, em Los Angeles, na quinta-feira (5), e um segundo suspeito está prestes a se entregar, disseram as autoridades.

Mais: Áudio dos bombeiros no local do acidente de Paul Walker é divulgado

No dia do acidente, em 30 de novembro, alguém usando a identificação de "jamesonwitty" postou no aplicativo Instagram fotos de uma parte do teto de um Porsche vermelho e escreveu: "Pedaço do carro de Paul Walker, tirei de um caminhão de reboque em um semáforo".

Leiaa mais:
Paul Walker, ator da série de filmes "Velozes e Furiosos", morre aos 40 anos
Produtores de "Velozes e Furiosos" divulgam vídeo-tributo a Paul Walker
Paul Walker morreu por causa das queimaduras e lesões, diz autópsia

Não ficou imediatamente claro se as fotos era verdadeiras, mas assistentes do xerife prenderam Witty após uma busca em sua casa.

Siga o iG Cultura no Twitter

Walker, de 40 anos, era passageiro do Porsche envolvido no acidente em Santa Clara, Califórnia, a noroeste de Los Angeles. O motorista Roger Rodas, de 38 anos, também morreu no desastre de automóvel do feriado de Ação de Graças.

O Instituto Médico Legal (IML) disse que a morte de Walker resultou de "lesões traumáticas e térmicas". Embora o médico-legista não tenha dado mais detalhes, lesões térmicas estão relacionadas com o calor e são, normalmente, queimaduras.

O acidente levou a Universal Pictures a suspender a produção do sétimo filme da lucrativa franquia.

Investigadores continuam a procurar a causa do acidente que envolveu apenas o carro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.