Por dentro da indústria "Jackass"

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

"Vovô sem Vergonha", em cartaz no País, traz o ator Johnny Knoxville interpretando idoso e fazendo pegadinhas

Quando o primeiro aviso de segurança da série da MTV norte-americana "Jackass" foi ao ar, poucos sabiam o que esperar dos truques que não deveriam ser repetidos em casa. Depois de serem eletrocutados, perseguido por animais perigosos e apanhar nos lugares mais doloridos, a equipe liderada por Johnny Knoxville tornou-se conhecida internacionalmente.

Pouco mais de 10 anos depois do final da série e com três filmes nesse período, Knoxville resgatou um dos personagens inventados no programa para o longa "Vovô Sem Vergonha", atualmente em cartaz no Brasil.

Imagem do filme 'Vovô Sem Vergonha'. Foto: DivulgaçãoE equipe liderada por Johnny Knoxville em 'Jackass'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Jackass 3D'. Foto: DivulgaçãoA equipe de 'Jackass'. Foto: DivulgaçãoBam Margera em um dos quadros do programa. Foto: Getty ImagesBritney Spears já participou de um dos episódios de 'Jackass'. Foto: ReproduçãoImagem de 'Jackass 2'. Foto: Divulgação

O Começo do Jackass

Depois de completar o colegial, Johnny Knoxville (na época ainda Philip John Clapp) mudou-se para a Califórnia, em 1989, para tentar a carreira de ator. Como emplacou apenas papéis secundários e em comercias em quase 10 anos de tentativas, resolveu mudar de rumo.

Knoxville começou a mandar sugestões de matérias para diversas revistas. Então, em 1998, foi contratado como jornalista por Jeff Tremaine, editor da "Big Brother", publicação sobre skate. A ideia que lhe rendeu a vaga: testar, em si mesmo, diversos aparelhos de autodefesa, como armas de choque e spray de pimenta. A condição: tudo teria que ser filmado.

Os vídeos de Knoxville foram divulgados no mesmo ano, em um vídeo feito pela "Big Brother". No ano seguinte foi lançado "Landscape: CKY", compilação de vídeo em que Bam Margera, Ryan Dunn, Brandon Dicamillo e Raab Himself realizavam pegadinhas e façanhas de gosto duvidoso.

Tremaine assistiu aos vídeos e resolveu chamar o grupo Magera para, junto de Knoxville, formar o elenco de "Jackass". Para fechar o time, o palhaço Steve-O também foi contratado. Diversos outros membros passaram depois a integrar o programa. A série foi apresentada para a MTV e, em 2000, o primeiro episódio foi ao ar.

Divulgação
Imagem do filme 'Jackass 3D'

Polêmicas

Mesmo o aviso de "não tente isso em casa", que aparecia no começo do programa e na volta dos comerciais, não impedia que algumas pessoas tentassem realizar as façanhas apresentadas em "Jackass".

Foi em 2001 que o Senador Joe Lieberman, em carta à Viacom, proprietária da MTV, pediu à emissora "mais responsabilidade" sobre a programação. Como medidas, o canal impediu que "Jackass" fosse transmitido antes das 22h e cancelou reprises do programa.

A decisão não agradou a equipe de "Jackass" - eles citaram o descontentamento com a MTV e a "censura" como alguns dos motivos para o fim da série em sua terceira temporada, em 2001. O programa teve um total de 22 episódios.

"Jackass" no cinema

Contando com "Vovô sem Vergonha", quatro filmes levaram aos cinemas os quadros realizados na série. "Jackass: Cara-de-Pau - O Filme" foi lançado logo em 2002, e, segundo o elenco, o longa seria a despedida do grupo ao público.

Segundo o site The Box Office Mojo, o primeiro filme da franquia "Jackass" foi feito com um orçamento de "apenas" R$ 11,6 milhões, com rendimento bruto mundial na casa dos R$ 184 milhões. O longa foi o mais lucrativo, gerando duas continuações.

Knoxville e Margera só voltaram a realizar suas façanhas em "Jackass 2: O Filme", lançado em 2006. Com orçamento de R$ 26,7 milhões, o longa gerou R$ 196,4 milhões mundialmente. Quatro anos depois chegava "Kickass 3D" que, custando R$ 46,4 milhões, arrecadou R$ 398,6 milhões mundialmente.

As duas continuações também renderam DVDs lançados com cenas excluídas dos longas e extras especiais.

Divulgação
O elenco de 'Jackass'

Onde estão agora?

Depois de "Jackass", Johnny Knoxville finalmente conquistou a carreira de ator que almejava desde os anos 1980. Ao lado de atores como Will Smith, Tommy Lee Jones e Kevin Spacey, participou de filme como "Homens de Preto 2", "Com as Próprias Mãos" e "O Último Desafio". 

Logo após o final de "Jackass", Chris Pontius e Steve-O assumiram a série "Wildboyz", também da MTV. O programa, que ficou no ar de 2003 a 2006, colocava seus apresentadores em situações de risco que, quase sempre, envolviam animais perigosos.

Agora, Steve-O comanda o programa "Killer Karaoke" onde, pela primeira vez, não é ele quem sofre para o entretenimento do público. Na série, participantes cantam no karaokê enquanto passam por desafios como entrar em um tanque de cobra.

Siga o iG Cultura no Twitter

Bam Margera também cresceu depois de "Jackass". Ele assumiu dois programas: "Viva La Bam" (2003-2005), em que pregava pegadinhas em sua família, e "Bam's Unholy Union" (2007), sobre seu relacionamento com a modelo Melissa Rothstein.

Margera também escreveu e dirigiu filmes independentes, assim como lançou o livro "Serious as Dog Dirt" e participa da banda F**kface Unstoppable.

Em 2011, Ryan Dunn, então com 34 anos, morreu em um acidente de trânsito no interior dos Estados Unidos. O elenco de "Jackass" produziu um vídeo em homenagem ao amigo.

Leia tudo sobre: jackassvovô sem vergonhajohnny knoxville

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas