Empresa é iniciativa conjunta da Prefeitura de São Paulo, do Governo do Estado e do Ministério da Cultura

Foi entregue à Câmara Municipal de São Paulo nesta quinta-feira (31) o projeto de lei que cria a SPCine, agência de fomento ao cinema no Estado. Se aprovado, pode permitir a abertura de editais em 2014.

Cerimônia de apresentação do projeto de lei que cria a SPCine - Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo
Edson Lopes Jr./Divulgação
Cerimônia de apresentação do projeto de lei que cria a SPCine - Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo

A SPCine é uma iniciativa conjunta da Prefeitura de São Paulo, do governo do Estado e do Ministério da Cultura. Autoridades municipais tinham prometido que a criação aconteceria durante a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo , que acaba nesta quinta-feira.

Saiba tudo sobre a Mostra de Cinema de SP

De acordo com o projeto, a SPCine atuará na coprodução e codistribuição de filmes, funcionará como articuladora da produção regional com outras cidades e países, ampliando as possibilidade de exibição.

Juntos, prefeitura, governo estadual e Minc farão um aporte anual de R$ 25 milhões. A promessa é de participação ativa de profissionais do setor audiovisual em sua estratégia de atuação.

Em 2012, 158 produções cinematográficas e publicitárias foram realizadas em São Paulo. O Estado tem o maior mercado exibidor do País, com 280 salas na capital e 770 no interior (dados de 2010).


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.