Com presença da família de Kubrick, cerimônia no Ibirapuera abre a Mostra 2013

Por Luísa Pécora , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Evento exibirá mais de 360 filmes até 31 de outubro, inclusive retrospectiva completa do diretor

Uma cerimônia no Auditório do Ibirapuera na noite desta quinta-feira (17) declarou aberta a 37ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que vai exibir mais de 360 filmes de 18 a 31 de outubro. 

Saiba tudo sobre a Mostra de São Paulo

As estrelas da noite foram a diretora da Mostra, Renata de Almeida, e familiares do diretor Stanley Kubrick, tema de uma das retrospectivas deste ano, além de exposição no Museu da Imagem e do Som.

Divulgação
Marina Person e Serginho Groisman comandam abertura da Mostra

A artista plástica alemã Christiane Kubrick, viúva do cineasta, é a autora da aquarela "Rehearsal in the Rain", que deu origem ao pôster e à vinheta deste ano. "É com esta arte que a gente faz tudo", disse Renata. "É um momento de muita alegria quando achamos a imagem certa."

Leia também: Viúva de Kubrick conta história de pôster da Mostra

Chamada ao palco, Christiane disse que o marido estaria "comovido e feliz" com a atenção que está recebendo da Mostra e "horrorizado em vê-la discursando". Muito aplaudida, ela contou histórias sobre o set de "Barry Lyndon", no qual a pintura foi feita.

O irmão dela, Jan Harlan, que durante mais de três décadas foi produtor-executivo e braço direito de Kubrick, disse ter imaginado o que o diretor diria se estivesse "olhando para nós aqui embaixo" e vendo o quadro de sua mulher pela cidade.

Leia também: "Kubrick tinha respeito pela plateia", diz Jan Harlan

"Uma retrospectiva de todos os meus filmes em São Paulo? Uma mostra sobre o meu trabalho no Museu da Imagem e do Som? A Warner Bros e todos os estúdios me apoiando? Devo estar sonhando", brincou Harlan.

SP Cine

O evento começou com quase 1h30 de atraso e teve os apresentadores Marina Person e Serginho Groisman como mestres de cerimônia.

A pintura original, 'Rehearsal in the Rain', de Christiane Kubrick. Foto: Christiane KubrickO pôster da edição 2013 da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Foto: DivulgaçãoChristiane Harlen em cena de 'Glória Feita de Sangue'; ela se casou com Kubrick pouco depois das filmagens. Foto: DivulgaçãoA família Kubrick, em imagem do livro 'Stanley Kubrick: A Life in Pictures' . Foto: ReproduçãoChristiane Kubrick e o irmão, Jan Harlan, que foi braço direito do diretor, visitam a exposição no MIS. Foto: Divulgação

Diversas autoridades estiveram presentes, incluindo Lisandro Nogueira, novo diretor da Cinemateca Brasileira, que representou o Ministério da Cultura, e a prefeita em exercício de São Paulo, Nádia Campeão, além de representantes da Secretaria Municipal e de Estado da Cultura.

Campeão anunciou que, com o apoio das demais esferas de governo, a prefeitura encaminhará à Câmara ainda no mês de outubro, durante a Mostra, o projeto de criação da SP Cine, uma agência de fomento à produção cinematográfica na cidade.

A prefeita em exercício também disse que a Mostra é um evento "especial" entre os milhares que a cidade recebe por ano. "É um privilégio ter a mostra mais significativa do país, e algo que revela o amor do paulistano pelo cinema".

Após a cerimônia, foi exibido o longa "Inside Llewyn Davis", dos irmãos Joel e Ethan Coen. Além da retrospectiva Kubrick, a Mostra também tem como destaque um ciclo dedicado ao brasileiro Eduardo Coutinho, sessões de filme ao ar livre, o novo longa de Ettore Scola e mais.

Leia tudo sobre: mostra de são paulomostra 2013igspcinema

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas