Festival de Brasília começa nesta terça só com inéditos na competição principal

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Evento chega à 46ª edição com prêmios maiores e sessões no Cine Brasília, que passou por reforma

A 46ª edição do Festival de Brasília começa nesta terça-feira (17) com apenas filmes inéditos na competição principal, a de longa-metragens de ficção. No total, 30 filmes disputam prêmios no evento, que acontece até 24 de setembro.

Imagem do filme 'Amor, Plástico e Barulho'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Riocorrente'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Os Pobres Diabos'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Exilados do Vulcão'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Depois da Chuva'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Avanti Popolo'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Plano B'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Outro Sertão'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'O Mestre e o Divino'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Morro dos Prazeres'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Hereros Angola'. Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'A Arte do Renascimento'. Foto: Divulgação

Os seis longas de ficção que estão na mostra principal são "Amor, Plástico e Barulho", de Renata Pinheiro; "Avanti Popolo", de Michael Wahrmann, "Depois da Chuva", de Cláudio Marques e Marília Hughes; "Exilados do Vulcão", de Paula Gaitán; "Os Pobres Diabos", de Rosemberg Cariry; e "Riocorrente", de Paulo Sacramento.

Siga o iG Cultura no Twitter

Também há prêmios para longa-metragens de documentário e curtas de ficção, documentário e animação.

A edição 2013 do festival também terá a volta das sessões ao Cine Brasília, que estava em reforma desde maio de 2012, e um aumento no total de prêmios de R$ 635 mil para R$ 700 mil.

Veja todos os filmes em competição:

Longa-metragem - ficção
"Amor, Plástico e Barulho", de Renata Pinheiro
"Avanti Popolo", de Michael Wahrmann
"Depois da Chuva", de Cláudio Marques e Marília Hughes
"Exilados do Vulcão", de Paula Gaitán
"Os Pobres Diabos", de Rosemberg Cariry
"Riocorrente", de Paulo Sacramento

Longa-metragem - documentário
"A Arte do Renascimento", de Noilton Nunes 
"Hereros Angola", de Sergio Guerra
"Morro dos Prazeres", de Maria Augusta Ramos
"O mestre e o Divino", de Tiago Campos
"Outro Sertão", de Adriana Jacobsen e Soraia Vilela
"Plano B", de Getsemane Silva 

Curta-metragem - ficção
"Au Revoir", de Milena Times
"Fernando que Ganhou um Pássaro no Mar", Felipe Bragança e Helvécio Marins Jr.
"Lição de Esqui", de Leonardo Mouramateus e Samuel Brasileiro
"Sylvia", de Artur Ianckievicz
"Todos os dias em que sou estrangeiro", de Eduardo Morotó
"Tremor", de Ricardo Alves Jr.

Curta-metragem - documentário
"A que deve a honra da ilustre visita este simples marquês?", de Rafael Urban e Terence Keller
"Carga Viva", de Débora de Oliveira
"Contos da Maré", de Douglas Soares
"Luna e Cinara", de Clara Linhart
"O canto da Lona", de Thiago Brandimarte Mendonça
"O gigante nunca dorme", de Dácia Ibiapina

Curta metragem - animação
"Deixem Diana em Paz", de Julio Cavani
"Ed.", de Gabriel Garcia
"Engole ou Cospervilha?", de Marão, David Mussel, Pedro Eboli, Fernanda Valverde, Jonas Brandão, Giuliana Danza, Gabriel Bitar e Zé Alexandre
"Faroeste - Um Autêntico Western", de Wesley Rodrigues
"Quinto Andar," de Marco Nick
"RYB", de Deco Filho e Felipe Benévolo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas