Dwayne Johnson, The Rock: o ex-lutador que virou estrela de filmes de ação

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Relembre a trajetória do ator que está em "Sem Dor, Sem Ganho", novo filme de Michael Bay

Embora ainda seja conhecido como The Rock, o nome que usava quando era astro de luta livre, em 2013 o ator Dwayne Johnson se consolidou como estrela de filmes de ação. Até agosto, já estrelou quatro: "O Acordo", "G.I. Joe - Retaliação", "Velozes e Furiosos 6" e "Sem Dor, Sem Ganho", que estreia nesta sexta-feira (23).

Johnson luta por espaço em Hollywood desde 2001, quando o sucesso na luta livre lhe garantiu uma participação em "O Retorno da Múmia". Antes, já fizera pontas em séries de televisão e videoclipes, mas sem a mesma repercussão.

Leia: "Sem Dor, Sem Ganho" mostra fisiculturistas que se envolvem em sequestro

Dwayne 'The Rock' Johnson em 'Sem Dor, Sem Ganho'. Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Velozes e Furiosos 6' (2013). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Empire State' (2013). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em  'G.I. Joe - Retaliação' (2013). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'O Acordo' (2013). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Velozes e Furiosos 5: Operação Rio' (2011). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Rápida Vingança'. Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'O Fada do Dente'. Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'A Montanha Enfeitiçada'. Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Treinando o Papai'. Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'A Gangue Está em Campo'. Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Southland Tales: O Fim do Mundo' (2006). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Doom: A Porta do Inferno' (2005). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Be Cool: O Outro Nome do Jogo' (2005). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Com as Próprias Mãos' (2004). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'Bem-Vindo à Selva' (2003). Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'O Escorpião Rei'. Foto: DivulgaçãoDwayne 'The Rock' Johnson em 'O Retorno da Múmia' (2001). Foto: Divulgação

Quando decidiu se dedicar à luta livre, Dwayne Douglas Johnson seguiu os passos do avô, Peter Maivia, e do pai, Rocky Johnson - por isso, de início seu nome artístico era "Rocky Maivia".

Durante a carreira, que durou de 1996 a 2004, acumulou 17 campeonatos, e mesmo depois de abandonar os ringues não se aposentou totalmente. Em janeiro deste ano, por exemplo, retomou o cinturão que tinha sido seu dez anos antes.

Leia também: The Rock retoma cinturão de luta livre após dez anos

Foi uma pausa em sua dedicação à carreira de ator, que começou de fato com "O Escorpião Rei" (2002). Por esse papel, Johnson ganhou US$ 5,5 milhões (R$ 13,4 milhões), o mais alto cachê pago a um protagonista estreante na história de Hollywood.

Depois, The Rock começou a buscar papéis em filmes que falassem sobre o mundo do crime com pegada cômica, como "Bem-Vindo à Selva" (2003) e "Be Cool: O Outro Nome do Jogo" (2005).

Também participou do longa inspirado em videogame "Doom: A Porta do Inferno", detonado pelos críticos e incapaz de recuperar nas bilheterias o orçamento de US$ 60 milhões (R$ 146,4 milhões).

WWE/Divulgação
The Rock celebra vitória com o cinturão do WWE em janeiro de 2013

Fracassos de crítica e público foram uma constante nos primeiros anos da carreira. O maior deles foi a comédia "O Fada do Dente" (2010), em que o ator usava asas nas costas para interpretar o personagem-título. De acordo com o site especializado Rotten Tomatoes, apenas 18% das resenhas foram positivas na imprensa norte-americana.

Siga o iG Cultura no Twitter

Johnson então deixou as comédias de lado e resolveu entrar de cabeça nos filmes de ação. A carreira recebeu impulso com a entrada no elenco da franquia "Velozes e Furiosos", estrelada pelo também fortão Vin Diesel.

Johnson entrou no quinto filme, "Operação Rio", como Luke Hobbs, um agente com a missão de rastrear os protagonistas. Assim, voltou ao sucesso comercial: o longa arrecadou US$ 626 milhões (mais de R$ 1,5 bilhão) mundialmente.

Os números foram ainda mais expressivos no sexto filme da série, que estreou em maio nos EUA e faturou US$ 785 milhões (mais de R$ 1,9 bilhão) pelo mundo.

Getty Images
Dwayne Johnson na estreia de 'G.I. Joe - Retaliação' em Hollywood (28/03/2013)

"Velozes e Furiosos 6" foi apenas um dos sucessos de Johnson em 2013. Inspirado em brinquedos, "G.I. Joe - Retaliação", arrecadou quase US$ 372 milhões (R$ 907,7 milhões) no mundo.

"Sem Dor, Sem Ganho", novo de Michael Bay, também foi bem no fim de semana de estreia nos EUA. No longa, Johnson se junta a Mark Whalberg e Anthony Mackie em um trio de fisiculturistas que se envolve em um complicado esquema de sequestro e extorsão.

Sem o mesmo bom desempenho comercial, "O Acordo" também representou um avanço para Johnson. Para alguns críticos, o papel de um pai que busca salvar o filho preso por entorpecentes representou sua melhor atuação.

O ano que vem também promete ser movimentado para o ator, com a estreia do sétimo "Velozes e Furiosos", além de dois filmes para a TV e um videogame  sobre a carreira de lutador.

Veja o trailer de "Sem Dor, Sem Ganho":


Leia tudo sobre: dwayne johnsonthe rocksem dor sem ganhocinema

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas