Em entrevista à rede britânica BBC, astro afirma que gostaria de fazer "coisas mais quietas"

O astro Johnny Depp, 50 anos, disse que o fim de sua carreira como ator "não está muito longe". Durante entrevista para a rede britânica BBC, ele afirmou que gostaria de passar a fazer "coisas mais quietas".

Leia também: Com internet, fim de estrelas de Hollywood pode estar próximo

"Quando você soma a quantidade de diálogo que você diz por ano e percebe que falou mais palavras escritas do que as suas próprias, começa a pensar que esta é uma opção insana para um ser humano", disse Depp.

"Há coisas mais 'quietas' que gostaria de fazer? Sim. Não digo que vou pular fora a qualquer momento, mas digo que isto (o fim da carreira como ator) provavelmente não está muito longe", completou.

Siga o iG Cultura no Twitter

Indicado a três Oscars e considerado uma das maiores estrelas de Hollywood, Depp amargou o fracasso de seu último filme, "O Cavaleiro Solitário" .

Com orçamento de US$ 215 milhões (R$ 486,8 milhões), o longa arrecadou apenas US$ 163,8 milhões (R$ 370,9 milhões) mundialmente até agora.

O astro tem ao menos cinco novos filmes já garantidos, incluindo o quinto longa da franquia "Piratas do Caribe" e o segundo "Alice no País das Maravilhas".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.