"Universidade Monstros" supera "Guerra Mundial Z" e lidera bilheterias nos EUA

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Animação arrecada US$ 82 milhões (R$ 184,7 milhões) no fim de semana de estreia

Reuters

"Universidade Monstros", prólogo da animação de enorme sucesso da Pixar "Monstros S/A" (2011), apavorou nas bilheterias, faturando US$ 82 milhões (R$ 184,7 milhões) em vendas de ingressos no fim de semana, facilmente se distanciando do outro novo filme da semana, o thriller apocalíptico de grande orçamento "Guerra Mundial Z", que veio com uma arrecadação impressionante de US$ 66 milhões (US$ 148,7 milhões).

Leia também: Apesar da falta de novidades, "Universidade Monstros" consegue divertir

Cena do filme "Universidade Monstros". Foto: DivulgaçãoCena do filme "Universidade Monstros". Foto: DivulgaçãoCena do filme "Universidade Monstros". Foto: DivulgaçãoCena do filme "Universidade Monstros". Foto: DivulgaçãoCena do filme "Universidade Monstros". Foto: DivulgaçãoCena do filme "Universidade Monstros". Foto: DivulgaçãoCena do filme "Universidade Monstros". Foto: DivulgaçãoCena do filme "Universidade Monstros". Foto: DivulgaçãoCena do filme "Universidade Monstros". Foto: Divulgação

"Universidade Monstros", com as vozes de Billy Crystal e John Goodman como os monstros que foram reprovados no curso de sustos da faculdade, continuou a tradição de filmes de enorme sucesso produzidos pela Pixar, uma unidade da Walt Disney.

"Ele definitivamente superou as nossas expectativas", disse Dave Hollis, vice-presidente executivo de distribuição da Walt Disney Studios. "O primeiro filme foi tão amado e o colocamos em um patamar tão elevado, então estamos em êxtase."

Siga o iG Cultura no Twitter

"Guerra Mundial Z", a história de uma pandemia de zumbis estrelada por Brad Pitt, foi a maior bilheteria em fim de semana de estreia da carreira de Pitt, facilmente superando os US$ 50,3 milhões (R$ 113,3 milhões) de "Sr. e Sra. Smith".

A maior bilheteria da semana passada, "O Homem de Aço", ficou em terceiro lugar, com vendas de ingressos de US$ 41,2 milhões (R$ 92,8 milhões).

"É o fim", a comédia apocalíptica escrita por Seth Rogen e seu amigo de infância Evan Goldberg, arrecadou US$ 13 milhões (R$  29,2 milhões) e levou o quarto lugar nos Estados Unidos e Canadá.

"Truque de Mestre", estrelando Woody Harrelson e Jesse Eisenberg como mágicos que fogem da polícia após assaltos de alto nível, ficou em quinto lugar, com vendas na bilheteria de US$ 7,9 milhões (R$ 17,8 milhões), levando seu total doméstico para pouco menos de US$ 95 milhões (R$ 214 milhões).

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas