O sexo e o cinema nacional em dez filmes

De "Toda Nudez Será Castigada" a "Os 3", relembre produções brasileiras nas quais as discussões ou cenas de sexo são marcantes

iG São Paulo |

A terceira versão de "Bonitinha, Mas Ordinária" , que estreou nesta sexta-feira (24), levou quatro anos para entrar em cartaz . Segundo o produtor Diller Trindade, um dos motivos foi a dificuldade de captar recursos para um filme com fortes cenas de sexo, no momento em que a produção luta contra estigmas deixados pelas pornochanchadas. "O cinema nacional ficou muito pudico", afirmou.

O iG selecionou dez filmes brasileiros que, de formas diferentes, abordam o sexo. Veja a lista:

"Toda Nudez Será Castigada" (1973): Baseado na peça de Nelson Rodrigues e dirigido por Arnaldo Jabor, tem Darlene Glória no papel de Geni, prostituta que desperta a paixão do rico viúvo Herculano (Paulo Porto). Apesar de a censura brasileira do período ter classificado o filme como imoral, seu lançamento sem cortes foi estimulado pelo Urso de Prata do Festival de Berlim. 

"Dona Flor e Seus Dois Maridos" (1976): Com direção de Bruno Barreto, tem elenco estelar: Sônia Braga como a professora de culinária Dona Flor, Mauro Mendonça como o marido farmacêutico e José Wilker como o fogoso ex, que volta do mundo dos mortos. O carisma dos atores e as faladas cenas de sexo e nudez levaram 10 milhões de espectadores ao cinema – sendo o maior sucesso nacional até ser "Tropa de Elite 2".

Leia também: Relembre as obras de Nelson Rodrigues que viraram filmes

"Dama da Lotação" (1978):  Baseado em um texto de Nelson Rodrigues, conta a história de Solange (Sônia Braga), uma mulher violentada pelo marido que começa a ter relações com desconhecidos que conhece usando o transporte público.

"Bonitinha, Mas Ordinária" (1981): Segunda e mais lembrada versão da peça de Nelson Rodrigues, conta a história de Edgar (José Wilker), homem ambicioso que recebe a proposta de se casar com Maria Cecília (Lucélia Santos), uma jovem rica, em troca de dinheiro. A cena em que ela faz sexo com cinco negros é uma das mais lembradas.

Divulgação
A atriz Deborah Secco em cena de "Bruna Surfistinha"

Leia também: Os seis filmes definitivos sobre sexo

"Um Copo de Cólera" (1999): Adaptação do livro de Raduan Nassar, é estrelado por Alexandre Borges e Júlia Lemmertz, casados na vida real.  Os dois - ele um ex-ativista e ela uma jornalista politizada - vivem intensa noite de amor em uma chácara. Na manhã seguinte, porém, começam a brigar.

"Bruna Surfistinha" (2001): Leva ao cinema as memórias da ex-garota de programa Raquel Pacheco, que virou celebridade e passou a ser conhecida como Bruna Surfistinha. A protagonista é Deborah Secco, que aparece com pouquíssima ou nenhuma roupa.

"Cama de Gato" (2002): Drama sobre três jovens de classe média que vivem em busca de diversão. Numa noite, estupram e matam uma jovem, para depois tentar encobrir o crime. A cena de estupro é forte, bem como àquela na qual Cristiano, personagem de Caio Blat, faz sexo oral numa colega de escola.

"Entre Lençóis" (2008): Para comemorar sua despedida de solteira, Paula (Paolla Oliveira) cai na noite e conhece Roberto (Reynaldo Giannechini), cujo casamento está em crise. Os dois decidem ir para um motel, onde a ação do filme se concentra. Como resultado, na maior parte do tempo os atores aparecem em cena nus ou com pouca roupa.

"Todo Mundo Tem Problemas Sexuais" (2008):  Domingos de Oliveira leva ao cinema a peça teatral que ele mesmo escreveu. O filme é dividido em esquetes e tem vários personagens, incluindo um homem inseguro que recorre ao Viagra, um casal descobrindo fantasias reprimidas e o próprio pênis, interpretado por Pedro Cardoso.

"Os 3" (2012):  Camila (Juliana Schalch), Cazé (Gabriel Godoy) e Rafael (Victor Mendes) são jovens recém-chegados a São Paulo que resolvem morar juntos e com o tempo, apaixonam-se um pelo outro. Porém, eles têm uma regra: para que a convivência seja possível, não pode rolar nada entre eles. O que, é claro, não acontece e a temperatura sobe.

    Leia tudo sobre: sexo no cinemacinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG