Seleção do iG tem comédias, dramas, animações e musicais que abordam o relacionamento entre pais e filhos

Para marcar do Dia das Mães, comemorado neste domingo (12), o iG fez uma lista de filmes ideais para serem visto na data. São produções de vários gêneros (animação, comédia, drama e musical) que, cada um à sua maneira, abordam a relação entre pais e filhos.

"Valente" (2012): Ganhador do Oscar de animação , é centrado no conflito entre Merida, um garota de cabelos rebeldes que se comporta "como um menino", e a mãe, a rainha Elinor, que tenta convencê-la a seguir a etiqueta e os costumes do reino. Merida faz um pacto com uma bruxa que transforma a mãe em um urso. Depois, tem de correr atrás de um modo de desfazer o feitiço.

"Garota Fantástica" (2009): Estreia da atriz Drew Barrymore na direção, conta a história de Bliss Cavendar (Ellen Page), jovem moradora de uma pequena cidade do Texas. A mãe (Marcia Gay Harden) quer que ela participe de concursos de beleza. Mas Bliss entra para uma equipe de patinação, dando início a um novo conflito entre as duas.

"Mamma Mia! - O Filme" (2008):  Fenômeno de bilheteria na Broadway, usa canções da banda sueca Abba para contar a história de uma jovem (Amanda Seyfried) que, prestes a se casar, decide que é o momento de conhecer seu pai. Ela então convida para a festa três ex-namorados de sua mãe (Meryl Streep, muito bem no papel) para pressioná-la a contar a verdade.

"Juno" (2007): Ganhador do Oscar de roteiro adaptado, leva o nome da personagem principal (vivida por Ellen Page), uma esperta jovem de 16 anos que, grávida, procura os pais perfeitos para adotar a criança. Durante a busca, Juno se aproxima de Mark e Vanessa Long (Jason Bateman e Jennifer Garner), um jovem casal com dificuldade para ter filhos.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Os Incríveis" (2004): Premiada duas vezes pela Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, a animação da Pixar acompanha uma família de super-heróis que esconde seus poderes para levar uma vida normal. Quando o pai, Bob Parr, se envolve em uma batalha com um poderoso vilão, toda a família decide ajudá-lo a salvar o mundo.

"Sexta-Feira Muito Louca" (2003): A adolescente Anna Coleman (Lindsay Lohan) e sua mãe (Jamie Lee Curtis) vivem brigando e nunca se entendem. Um dia, por causa de um biscoito da sorte mágico, trocam de corpo e são obrigadas a ajudar uma à outra.

"Divinos Segredos" (2002): Viviane Abbott (Ellen Burstyn) corta relações com a filha, Siddalee (Sandra Bullock), após declarações sobre uma infância difícil serem exageradas por uma revista, sugerindo abusos que não existiram. Para reconciliá-las, entram em cena três amigas de infância de Viviane, com quem tem um pacto de lealdade eterna.

"Erin Brockovich, Uma Mulher de Talento" (2000): Dirigido por Steven Soderbergh, adapta a história real de uma mãe solteira que abre um processo milionário contra uma empresa que contaminou a água de uma cidade interiorana. O papel rendeu à atriz Julia Roberts o Bafta, o Globo de Ouro e o Oscar de melhor atriz.

"Em Qualquer Outro Lugar" (1999): Susan Sarandon e Natalie Portman interpretam mãe e filha que por vezes invertem papéis: a mais nova é a mais responsável. Após forçar a filha a mudar de uma cidadezinha de Wisconsin para Los Angeles, Adele decide ajudá-la a alcançar seu sonho de estudar em uma respeitada universidade.

"A Noviça Rebelde" (1965): Um dos musicais mais famosos de todos os tempos, conta a história de uma jovem freira que deixa o convento para cuidar dos sete filhos de um militar viúvo. Mesmo não sendo a mãe biológica das crianças, Maria (Julie Andrews) muda suas vidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.