Documentário sobre revolução na Tunísia é destaque da mostra África Hoje

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

"Rouge Parole" abre segunda edição do evento, que acontece entre 21 de maio e 2 de junho na Caixa Cultural São Paulo

Divulgação
Imagem do filme 'Rouge Parole'

Dezoito documentários serão exibidos na segunda edição da mostra "África Hoje", que acontece entre 21 de maio e 2 de junho na Caixa Cultural de São Paulo.

Siga o iG Cultura no Twitter

O principal destaque é o filme de abertura, "Rouge Parole", de Elyes Baccar, sobre a revolta popular da Tunísia, que deu início à onda de levantes conhecida como Primavera Árabe.

Eleito um dos 12 melhores documentários de 2012 pelo Museu de Arte Moderna de Nova York, o longa mostra a descoberta da liberdade de expressão pela sociedade tunisiana após a derrubada do presidente Zine El Abidine Ben Ali, que ficou 23 anos no poder.

Também será exibido o documentário britânico "Onde a Água Encontra o Céu", de Jordan Roberts, diretor de "Marcha dos Pinguins". Morgan Freeman atua novamente como narrador, desta vez contando de história de mulheres do norte da Zâmbia que aprendem a fazer um filme para discutir a situação dos órfãos deixados pela aids.

O legado da Copa do Mundo da África do Sul é o tema de "Fahrenheit 2010", uma investigação sobre quem se beneficiou dos jogos mundiais no país. Na programação, também há filmes de Senegal, Moçambique, Portugal, Egito e Estados Unidos, entre outros.

Mostra África Hoje
Data: 21 de maio a 2 de junho
Local: Caixa Cultural São Paulo – Praça da Sé, 111, 6° andar
Sessões: de terça a domingo, horários variados
Entrada: gratuita
Programação completa: www.mostraafricahoje.blogspot.com.br

Leia tudo sobre: áfrica hojetunísiamundo árabedocumentáriocinemaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas