Diretor de "Jornada nas Estrelas" quer conquistar fãs além da ficção científica

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

"É para os fãs de cinema e não só para os fãs de 'Jornada nas Estrelas'", disse J.J. Abrams

Reuters

O diretor J.J. Abrams espera que não apenas os fãs de ficção científica, mas também aqueles que não conhecem tanto o gênero, assistam no cinema ao novo filme da franquia "Star Trek".

Homem por trás das séries de TV "Alias" e "Lost", Abrams disse à Reuters que inicialmente hesitou quando foi convidado para dirigir "Star Trek", cujas sequências de 1998 e 2002 não conseguiram atrair grande público.

Siga o iG Cultura no Twitter

Cena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Star Trek: Além da Escuridão'. Foto: Divulgação

Ele então pensou numa forma de fazer com que o filme fosse atrativo para uma audiência mais ampla, deixando de lado seu legado e se concentrando mais no drama.

Sua primeira tentativa de "reiniciar" a franquia com o filme de 2009 foi um sucesso, embora analistas tenham ficado frustrados com as vendas de bilheteria no exterior de cerca de US$ 130 milhões.

Leia mais: Novo "Star Trek" prenuncia vida longa e próspera à série

Agora ele espera ir além com a sequência em 3D "Além da Escuridão - Star Trek", o 12º da série que estreia na Grã-Bretanha em 9 de maio e nos Estados Unidos em 17 de maio.

"A ideia era fazer um filme que trabalhasse bem em seus próprios termos... Isso não tinha a intenção de ser uma piada interna. Isso é para os fãs de cinema e não só para os fãs de 'Jornada nas Estrelas'", disse.

A trama se concentra nas emoções e dilemas morais da tripulação da nave Enterprise para fazer "um thriller de ação e aventura... um pouco mais visceral e empolgante", disse.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas