Longa-metragem de Betse de Paula é consagrado pela crítica, pelo júri popular e pelo júri oficial do evento em Olinda; "Linear" leva melhor curta

A comédia "Vendo ou Alugo", dirigida por Betse de Paula, foi a grande vencedora da 17ª edição do Cine PE - Festival do Audiovisual , que chegou ao fim nesta quinta-feira (2). No total, o longa levou 12 troféus Calunga, sendo consagrado pela crítica, pelo júri popular e pelo júri oficial do evento, que aconteceu em Olinda.

O longa, que estreia em circuito comercial em 10 de agosto, conta a história de uma família com quatro gerações de mulheres em meio à pacificação de um morro na zona sul do Rio de Janeiro. Cheia de dívidas e na tentativa de escapar da falência, elas tentam vender o casarão onde moram, no pé da favela.

Siga o iG Cultura no Twitter

Betse de Paula, diretora de 'Vendo ou Alugo', que levou 12 prêmios no Cine PE
Mariana Guerra/Divulgação
Betse de Paula, diretora de 'Vendo ou Alugo', que levou 12 prêmios no Cine PE

A protagonista de "Vendo ou Alugo", Marieta Severo, ganhou o prêmio de melhor atriz. Ela já tinha sido uma das homenageadas do festival. João Miguel ganhou melhor ator por "Bonitinha, Mas Ordinária" , enquanto fotografia ficou para Lauro Escorel, de "Giovanni Improtta, e edição de som foi para Catarina Apolonio, de "Rio Doce - CDU".

Entre os curtas, o prêmio principal foi para "Linear", de Amir Admoni. "O Fim do Filme", de André Dib, foi premiado em quatro categorias.

O júri oficial do 17º Cine PE foi composto por Beto Souza (produtor e diretor de teatro e cinema), Cleodon Coelho (jornalista, roteirista e escritor), José Luiz Villamarim (cineasta e diretor de TV), Marcus Ligocki Jr (diretor, produtor e roteirista), Paula Burlamaqui (atriz de teatro, cinema e televisão), Pedro Pablo Lazzarini (diretor de fotografia) e Ruth de Albuquerque (licenciada em filosofia e professora de cinema).

Veja a lista completa de premiados:

LONGAS-METRAGENS

Filme: “Vendo ou Alugo”, de Betse de Paula
Direção: Betse de Paula (“Vendo ou Alugo”)
Ator: João Miguel (“Bonitinha, mas ordinária”)
Atriz: Marieta Severo (“Vendo ou Alugo”)
Ator Coadjuvante: Pedro Monteiro (“Vendo ou Alugo”)
Atriz Coadjuvante: Nathália Timberg (“Vendo ou Alugo”)
Roteiro: Beste de Paula, Maria Lucia Dahl, Julia Abreu e Mariza Leão (“Vendo ou Alugo”)
Fotografia: Lauro Escorel (Giovanni Improtta)
Direção de Arte: Emily Pirmez (“Vendo ou Alugo”)
Trilha Sonora: Bandeira 8 - Fabio Mondego, Fael Mondego, Marco Tommasi (“Vendo ou Alugo”)
Edição de Som: Catarina Apolonio (“Rio Doce-CDU”)
Montagem: Marta Luz (“Vendo ou Alugo”)
Melhor Filme do Júri Popular: “Vendo ou Alugo”, de Betse de Paula
Prêmio da Crítica: “Vendo ou Alugo”, de Betse de Paula
Prêmio Especial do Júri Oficial: Carmem Verônica, Daisy Lúcidi e Ilka Soares, As Tartarugas (“Vendo ou Alugo”)
Menção Honrosa: Beto Martins (direção de fotografia de “Rio Doce-CDU”)

CURTAS-METRAGENS

Filme: “Linear”, de Amir Admoni
Direção: André Dib (“O Fim do Filme”)
Ator: Gabriel Bodstein (“O Fim do Filme”)
Atriz: Gabriela Cerqueira (“O Fim do Filme”)
Roteiro: José Roberto Torero (“Íris”)
Fotografia: Cauê Laratta (“A Galinha que Burlou o Sistema”)
Direção de Arte: Natalia Vaz (“A Guerra dos Gibis”)
Trilha Sonora: Sergio Kafejian (“Aluga-se”)
Edição de Som: Nick Graham-Smith (“Linear”)
Montagem: Alison Zago (“A Galinha que Burlou o Sistema”)
Melhor Filme do Júri Popular: "O Fim do Filme", de André Dib
Prêmio da Crítica: “Íris”, de Kiko Mollica
Menção Honrosa: “Sagatio, Histórias de Cinema”
Prêmio Canal Brasil: “O Filme do Filme”, de André Dib

MOSTRA PERNAMBUCO

Melhor Curta-Metragem da Mostra Pernambuco: “Entre Lua, a Casa é sua”, de Marcos Carvalho e Edineia Campos
Menção honrosa: “Os Silenciados não Mudam o Mundo”, de Alexandre Alencar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.