Halle Berry: os 5 piores momentos depois do Oscar

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Após se tornar a primeira negra a ganhar a estatueta de melhor atriz, estrela de "Chamada de Emergência" amargou papéis ruins

Quando tornou-se a primeira negra a ganhar o Oscar de melhor atriz, em 2002, a norte-americana Halle Berry parecia estar pronta para ver sua carreira deslanchar. Agora, mais de dez anos depois, ela é considerada um dos principais exemplos da chamada "maldição do Oscar", quando atores consagrados pelo maior prêmio da indústria cinematográfica deixam o status de estrelas promissoras e amargam uma série de papéis ruins.

Siga o iG Cultura no Twitter

Halle Berry em 'Na Companhia do Medo' (2003). Foto: DivulgaçãoHalle Berry em 'Mulher-Gato' (2004). Foto: DivulgaçãoHalle Berry em 'A Estranha Perfeita' (2007). Foto: DivulgaçãoHalle Berry em 'Frankie & Alice' (2010). Foto: DivulgaçãoHalle Berry em 'Maré Negra' (2012). Foto: Divulgação

Revelada em 1991 no filme "Febre da Selva", de Spike Lee, Berry ganhou o Oscar pelo drama "A  Última Ceia", no qual contracenou com Billy Bob Thornton e Heath Ledger. Dali em diante, seu único outro prêmio de "destaque" foi o Framboesa de Ouro de pior atriz por "Mulher-Gato", talvez o ponto mais baixo de sua carreira.

Leia também: “Não é porque virei mãe que só vou fazer filmes da Disney”, diz Halle Berry

Entre filmes de ação como "007 - Um Novo Dia Para Morrer" e a franquia "X-Men", ela tentou reconquistar o respeito da crítica com dramas como "Coisas que Perdemos pelo Caminho" e a ficção científica "A Viagem", sem grande sucesso.

Berry veio ao Brasil para o lançamento de seu mais recente trabalho, "Chamada de Emergência", que estreia nesta sexta-feira (12). A julgar pela crítica norte-americana, o longa é mais um erro na trajetória da atriz: apenas 39% das críticas foram positivas, de acordo com o site especializado Rotten Tomatoes.

Getty Images
A atriz norte-americana Halle Berry

Veja os cinco piores momentos de Halle Berry após o Oscar:

"Na Companhia do Medo" (2003): Nem o talentoso elenco - que inclui Robert Downey Jr. e Penélope Cruz - consegue salvar este misto de thriller e filme de terror que foi detonado pelos críticos na época do lançamento. Berry é Miranda Grey, uma atormentada psicóloga que precisa provar sua inocência ao ser acusada de assassinato.

"Mulher-Gato" (2002): Lembrado com frequência nas listas de piores filmes de todos os tempos, dá nova roupagem à vilã das histórias do Batman. Aqui, a heroína é uma designer de cosméticos que acaba transformada na personagem. Com roteiro fraco e cenas forçadas, como a que mostra a atriz lambendo a si mesma, o filme não conseguiu pagar o orçamento de US$ 100 milhões (R$ 198 milhões).

"A Estranha Perfeita" (2007): Berry interpreta Rowena Price, uma repórter que investiga o envolvimento do poderoso executivo Harrison Hill (Bruce Willis) no assassinato de sua amiga. Os clichês que permeiam o roteiro culminam em uma reviravolta considerada ridícula por grande parte dos críticos - só 11% das resenhas foram positivas, segundo o Rotten Tomatoes.

"Frankie e Alice" (2010): Na tentativa de voltar aos personagens mais complexos, Berry estrelou este melodrama inspirado na história real de Frankie Murdoch, uma mulher que sofre de distúrbios mentais e é vítima de preconceito na Los Angeles dos anos 1970. Com lançamento nanico, o filme arrecadou apenas US$ 10 mil (R$ 19,7 mil) e foi recebido com apatia pelos críticos.

"Maré Negra" (2012): Mostrando o corpão em muitas cenas de biquíni, Berry interpreta uma especialista em tubarões traumatizada pelo ataque de um mergulhador de sua equipe. Em péssimas condições financeiras, ela aceita a proposta de um ex-namorado para voltar ao mar, sendo obrigada a enfrentar seus medos. Desastre nas bilheterias - custou US$ 25 milhões (R$ 49,4 milhões) e arrecadou menos de US$ 500 mil (R$ 988 mil) -, foi criticado até pela própria atriz, que chamou o filme de "uma merda". O lado bom: foi durante as filmagens que conheceu o atual marido, Olivier Martinez.

Leia tudo sobre: halle berrychamada de emergênciacinema

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas