Keira Knightley: a rainha dos filmes de época

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

"Anna Karenina" é o mais recente drama histórico da carreira da atriz britânica; relembre outros personagens

Em "Anna Karenina", adaptação do romance clássico de Tolstói que estreou nesta sexta-feira (15), a britânica Keira Knightley usa chapéus, colares de pérola, vestidos longos, saias bufantes e desconfortáveis corpetes. Nada desconfortável para essa atriz que já estrelou uma série de papéis em dramas históricos. Keira Knightley é quase uma rainha do filme de época.

Leia também: "Anna Karenina" leva ao cinema boa adaptação do clássico de Tolstói

Imagem do filme "Anna Karenina". Foto: DivulgaçãoImagem do filme "Anna Karenina". Foto: DivulgaçãoKeira Knightley em 'A Duquesa'. Foto: DivulgaçãoKeira Knightley em 'A Duquesa'. Foto: DivulgaçãoKeira Knightley em 'Desejo e Reparação'. Foto: DivulgaçãoKeira Knightley em 'Desejo e Reparação'. Foto: DivulgaçãoKeira Knightley em 'Orgulho e Preconceito'. Foto: DivulgaçãoKeira Knightley em 'Orgulho e Preconceito'. Foto: DivulgaçãoKeira Knightley em 'Rei Arthur'. Foto: DivulgaçãoKeira Knightley em 'Rei Arthur'. Foto: Divulgação

Com poucas exceções - entre elas a trilogia "Piratas do Caribe" e a comédia romântica "Simplesmente Amor" -, todos os filmes de maior sucesso protagonizados pela atriz são de época, a começar por "Orgulho e Preconceito", de 2005, que lhe rendeu a primeira e até agora única indicação ao Oscar.

O longa é uma adaptação do livro lançado por Jane Austen em 1813 e tem direção de Joe Wright, responsável pela escalação de Knightley em mais dois dramas históricos: "Desejo e Reparação", de 2007, e "Anna Karenina".

Getty Images
A atriz Keira Knightley

"Desejo e Reparação" é um adaptação do romance de Ian McEwan, lançado em 2001, que aborda as consequências de um crime durante seis décadas, a partir de 1935. Já "Anna Karenina" leva às telonas a história da personagem criada por Liev Tolstói no livro homônimo de 1877.

Knightley fez filmes ambientados no passado também com outros cineastas, como Antoine Fuqua, de "Rei Arthur", e Saul Dibb, diretor de "A Duquesa".

Siga o iG Cultura no Twitter

"Acho que gosto de filmes de época porque eles me levam para bem longe da realidade", afirmou Knightley, em entrevista à revista Interview. "Eles te dão espaço para a imaginação e eu gosto muito disso. Quando você faz filme de época, dá um passo em direção à fantasia."

Entre os três próximos projetos da atriz, dois são contemporâneos: a comédia romântica "Can a Song Save Your Life?" e o thriller "Jack Ryan". Mas o figurino de época está garantido em "Untouched", do brasileiro Andrucha Waddington. No filme, baseado em uma história real do século 19, Knigtley interpretará Effie Gray, mulher do crítico de arte John Ruskin.

Leia tudo sobre: keira knightleyanna kareninacinema

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas