Tina Fey diz que "de jeito nenhum" apresentaria o Oscar

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

"Acho aquele trabalho duro demais. Especialmente, tipo, para uma mulher", disse a comediante

Reuters

Getty Images
A comediante Tina Fey

A comediante Tina Fey diz que "de jeito nenhum" aceitaria um convite para apresentar o Oscar em 2014, apesar de ter tido o aval do ator William Shatner, astro de "Star Trek", em um esquete apresentado na cerimônia de domingo.

A criadora e protagonista da série cômica de TV "30 Rock" disse ao site Huffington Post que não se imagina à frente do espetáculo televisivo.

Saiba tudo sobre o Oscar

"Acho aquele trabalho duro demais. Especialmente, tipo, para uma mulher. A quantidade de meses a serem gastos só experimentando vestidos... de jeito nenhum", disse ela, em tom de brincadeira.

Fey e a atriz Amy Poeheler foram muito elogiadas em janeiro por sua atuação como apresentadoras do prêmio Globo de Ouro.

No esquete de domingo com o apresentador do Oscar-2013, Seth MacFarlane, Shatner chegou do futuro, encarnando o capitão James T. Kirk de "Star Trek", e fez piadas sobre as dúvidas que cercavam a indicação do desbocado MacFarlane para a função.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Por que não pegaram a Tina e a Amy para apresentar?", perguntava Shatner.

Críticos de TV fizeram comentários negativos sobre a cerimônia de três horas e meia, cheia de números de música e dança. MacFarlane disse que não cogita apresentar o Oscar novamente.

A apresentação do Oscar é vista como o emprego mais prestigiado e mais perigoso de Hollywood. Os nomes costumam ser anunciados pelos produtores com cinco a seis meses de antecedência.

Leia tudo sobre: tina feyoscarcinemacinema

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas