Documentário "Hélio Oiticica", de César Oiticica Filho, foi exibido na sessão alternativa do evento

Cena do documentário 'Hélio Oiticica'
Divulgação
Cena do documentário 'Hélio Oiticica'

O documentário brasileiro "Hélio Oiticica", dirigido pelo cineasta César Oiticica Filho, foi premiado no 63º Festival de Berlim pela Federação Internacional de Críticos de Cinema (Fipresci) nesta sexta (15).

Siga o iG Cultura no Twitter

O filme, uma das únicas maneiras de ver alguns dos trabalhos do artista plástico destruídos após um incêndio, ocorrido em 2009, foi exibido na sessão alternativo do Fórum do evento. Além do prêmio dado pelos críticos, "Hélio Oiticica" venceu o Galigari, honraria entregue aos filmes mais experimentais.

Leia também: Filme sobre Hélio Oiticica é importante documento, mas falta-lhe direção

O grande vencedor da crítica na competição oficial foi o drama romeno "Child's Pose", de Calin Peter Netzer. Já o escolhido dentro da mostra Panorama foi "Inch'Allah", de Anais Barbeau-Lavalette.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.