Drama de artes marciais dá o chute inicial no Festival de Berlim

Por Reuters | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Longa "The Grandmaster", de Wong Kar-wai, narra história de honra, traição e amor proibido ambientada na China

Reuters

O Festival de Berlim 2013 começou nesta quinta-feira (dia 7) com a première de tapete vermelho de "The Grandmaster", o drama de artes marciais do diretor Wong Kar-wai, de Hong Kong, passado na China na era da invasão japonesa nos anos 1930.

Estrelado por Tony Leung Chiu Wai como o mestre do kung fu Ip Man, e Zhang Ziyi como seu adversário e amigo Gong Er, o filme fortemente estilizado é uma história de honra, princípios, traição e amor proibido em uma época tumultuada.

Cena de 'O Grande Mestre', de Wong Kar-wai. Foto: DivulgaçãoCena de 'O Grande Mestre', de Wong Kar-wai. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'O Grande Mestre'. Foto: DivulgaçãoCena de 'O Grande Mestre', de Wong Kar-wai. Foto: DivulgaçãoCena de 'O Grande Mestre', de Wong Kar-wai. Foto: DivulgaçãoCena de 'O Grande Mestre', de Wong Kar-wai. Foto: Divulgação

Wong, também presidente do júri na exibição de cinema deste ano, disse que estava determinado em ir além da superfície das artes marciais de uma maneira que a maioria dos filmes no gênero não costumava fazer.

"Grandmaster" é um filme sobre kung fu. Conta mais do que a habilidade", ele disse a repórteres depois de uma cabine para a imprensa e antes da noite de gala de abertura.

"Conta mais sobre essas pessoas, sobre os artistas da luta, o mundo das artes marciais. Qual é o código de honra deles? Qual é o valor deles? Qual é a filosofia deles? Espero que esse filme possa levar para a plateia uma nova perspectiva sobre as artes marciais, sobre o kung fu e também sobre os chineses", acrescentou, usando seus óculos escuros que são sua marca registrada e falando em inglês.

Getty Images
O diretor Wong Kar-wai no Festival de Berlim 2013

A ideia para "The Grandmaster" foi anunciada há mais de uma década e levou quatro anos para ser realizada pelo cineasta, e envolveu treinamento rigoroso para Leung e Zhang, que modificou profundamente ambos os atores.

O personagem de Leung, que domina a primeira parte do filme, baseia-se em um mestre real do mesmo nome, que desenvolveu a escola de artes marciais Wing Chun, que contou com Bruce Lee entre seus alunos.

O personagem de Gong Er assume gradualmente um papel central, e seu desejo reprimido por Ip Man traz à tona o domínio de Wong da melancolia, que ele demonstrou de forma tão memorável em seu filme mais conhecido até hoje, "Amor à Flor da Pele", que também conta com Leung no elenco.

Estrelas

"The Grandmaster" marca o início oficial de 11 dias de exibições, fotografias, entrevistas e festas em Berlim, onde centenas de filmes serão exibidos, criticados e comercializados no mercado que acompanha a Berlinale.

Matt Damon, Anne Hathaway e Nicolas Cage são esperados no tapete vermelho, assim como os pesos-pesados europeus Catherine Deneuve e Jude Law, além de estrelas asiáticas como Leung e Zhang.

Na competição principal dos 19 filmes candidatos a prêmios está "Promised Land", sobre a polêmica técnica de extração de gás conhecida como "fracking", que tem Matt Damon no elenco, dirigida por Gus Van Sant.

"Side Effects" de Steven Soderbergh é em parte uma crítica da indústria farmacêutica e traz Law, Channing Tatum e Catherine Zeta-Jones no elenco.

Fora da competição estão a animação em 3D pré-histórica "Os Croods", com as vozes de Cage e Ryan Reynolds, e "Dark Blood", que River Phoenix estava filmando quando morreu aos 23 anos em 1993.

Leia tudo sobre: festival de berlimcinemawong kar-waithe grandmaster

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas